sicnot

Perfil

Economia

Taxas Euribor descem a 3, 6 e 9 meses para novos mínimos, sobem a 12 meses

As taxas Euribor desceram hoje a três, seis e nove meses, para novos mínimos, e subiram a doze meses em relação a sexta-feira.               

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação, foi hoje fixada em 0,056%, um novo mínimo de sempre e menos 0,002 pontos do que na sexta-feira. 

 
 

A Euribor a três meses, em valores negativos desde 21 de abril passado, caiu hoje para -0,011%, um novo mínimo e menos 0,001 pontos do que na sexta-feira.  

 
 

A nove meses, a Euribor também desceu hoje 0,001 pontos em relação a sexta-feira, ao ser fixada a 0,105%, um novo mínimo.  

 
 

Em sentido contrário, no prazo de doze meses, a Euribor subiu hoje para 0,168%, depois de na sexta-feira se ter fixado em 0,167%, atual mínimo de sempre, registado pela primeira vez a 29 de abril.  

 
 

As Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de 57 bancos da zona euro está disposto a emprestar dinheiro entre si no mercado interbancário.           



Lusa

 

 
 

 
 

 
 

 
 

 
 

 

 

 
 

  • Incêndio destrói igreja em Ponte da Barca
    1:49

    País

    Um incêndio destruiu na última madrugada a Igreja de Lavradas, em Ponte da Barca. A Polícia Judiciária de Braga está a investigar as causas do fogo, mas tudo aponta para um curto-circuito.

  • Bairro em Loures não tem luz há mais de um ano
    2:30

    País

    O bairro da Torre, junto ao aeroporto de Lisboa mas ainda no concelho de Loures, não tem eletricidade nem nos postes, nem nas casas. A EDP e os moradores nunca chegaram a acordo para uma solução de pagamento coletivo e a empresa, para acabar com as puxadas eléctricas ilegais, decidiu cortar de vez o abastecimento há mais de um ano.