sicnot

Perfil

Economia

BCE antecipa compra de dívida devido à habitual menor liquidez no mercado no verão

O Banco Central Europeu (BCE) anunciou hoje que tenciona antecipar compras de títulos previstas no programa de 'Quantitative Easing', devido à habitual menor liquidez no mercado no verão. 

Mario Draghi, presidente do Banco Central Europeu (BCE) (Reuters/ Arquivo)

Mario Draghi, presidente do Banco Central Europeu (BCE) (Reuters/ Arquivo)

REUTERS

Banco Central Europeu (BCE) anunciou hoje que tenciona antecipar compras de títulos previstas no programa de 'Quantitative Easing', devido à habitual menor liquidez no mercado no verão. 

A possibilidade de antecipar o programa de aquisição de dívida foi comentada hoje pelo membro do conselho de governadores do BCE Benoit Coeure em Londres, segundo explica a instituição num comunicado divulgado hoje em Frankfurt. 

O membro do conselho de governadores do BCE Benoit Coeure mostrou-se preocupado com a velocidade da recente mudança de tendência dos preços dos títulos, mas assegurou que a antecipação das compras está relacionada com a habitual menor liquidez durante o verão e não com as condições atuais do mercado, informou uma fonte da Dow Jones citada pela Efe. 

"Não considero a recente inversão do preço dos títulos alemães e de outros títulos de dívidas soberanas um motivo de preocupação", porque esta reflete uma correção no mercado e uma perspetiva de crescimento mais otimista, indicou Coeure. "O que me preocupa mais é a rapidez da referida inversão", adiantou. 

Na opinião de Coeure, "depois de vários episódios similares, é outro incidente de extrema volatilidade nos mercados de capitais mundiais que dão mostras de uma redução de liquidez". 

Coeure assegurou que o BCE está consciente de que há padrões sazonais no mercado de renda fixa e que geralmente costuma haver menos liquidez entre meados de julho e finais de agosto. 

"O Eurosistema tem isto em conta na hora de aplicar o seu programa de compras massivas, já que antecipa a sua atividade compradora para maio e junho", afirmou. 

Isto permitiria ao banco central manter as compras médias mensais no valor de 60.000 milhões de euros "ainda que compre menos no período estival", adiantou. 

  • Descida da TSU inconstitucional?
    2:37

    TSU

    Especialistas ouvidos pela SIC põem em causa a constitucionalidade da descida da Taxa Social Única dos patrões, como contrapartida pelo aumento do salário mínimo. Como se trata de um imposto pago pelas empresas, só o Parlamento pode decidir uma alteração nas taxas. Neste caso, o Governo decidiu sozinho.

  • Autocarro com seguranças atacado em Braga
    0:42

    Desporto

    Dois autocarros que transportavam elementos de uma empresa de segurança foram atingidos por tiros e pedras depois do jogo entre o Sporting de Braga e o Vitória de Guimarães. O ataque deu-se a poucos quilómetros do Estádio Municipal de Braga. A PSP e a PJ estiveram no local a recolher provas.