sicnot

Perfil

Economia

Estudo revela que mais de 600 empregos são eliminados por dia na Grécia

A Confederação Grega de Câmaras de Comércio e Indústria divulgou esta terça-feira cálculos indicando que diariamente encerram em média 59 empresas no país, são eliminados 613 postos de trabalho e a economia perde 22,3 milhões de euros.

O mercado está em ponto morto e as injeções de liquidez não permitem reanimá-lo, segundo o estudo. (Arquivo)

O mercado está em ponto morto e as injeções de liquidez não permitem reanimá-lo, segundo o estudo. (Arquivo)

© Kostas Tsironis / Reuters

Com estes dados, a confederação instou o Governo a firmar rapidamente um acordo com as instituições credoras (Fundo Monetário Internacional, Comissão Europeia e Banco Central Europeu).

Num documento intitulado "Radiografia do mercado através de números da economia grega", a confederação sustenta que um acordo com as instituições, mesmo que fique abaixo das expectativas, daria à economia um impulso necessário para poder funcionar nos meses que restam de 2015.

O mercado está em ponto morto e as injeções de liquidez não permitem reanimá-lo, segundo o estudo.

Os números dos últimos cinco anos de crise tiveram um resultado alarmante, segundo a confederação, que aponta uma queda da 26,2% na faturação do comércio retalhista, de 37,1% do comércio grossista e de 61,9% na venda de automóveis.

Ainda de acordo com a mesma fonte, 95% dos pedidos de crédito são rejeitados diariamente pelos bancos comerciais, enquanto os depósitos nas entidades financeiras diminuíram em cerca de 35 mil milhões de euros desde dezembro, dos quais quatro mil milhões saíram só em abril.
Lusa
  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41