sicnot

Perfil

Economia

Portugal continua a liderar aumento de vendas de carros na Europa

Portugal continua a ser o país dentro da União Europeia (UE) que obteve o maior aumento percentual de venda de carros ao crescer 32,3% nos primeiros quatro meses do ano, divulgou a Associação de Construtores Europeus de Automóveis (ACEA). 

 os dados referem que a seguir a Portugal, está a Irlanda (28,2%) e a Espanha (23,9%), coincidentemente os países que tiveram uma intervenção da 'troika' (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional) na sua economia nos últimos anos e que levou o setor a quedas abruptas nas suas vendas. (Arquivo)

os dados referem que a seguir a Portugal, está a Irlanda (28,2%) e a Espanha (23,9%), coincidentemente os países que tiveram uma intervenção da 'troika' (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional) na sua economia nos últimos anos e que levou o setor a quedas abruptas nas suas vendas. (Arquivo)

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

Em comunicado enviado pela Associação Automóvel de Portugal (ACAP), os dados referem que a seguir a Portugal, está a Irlanda (28,2%) e a Espanha (23,9%), coincidentemente os países que tiveram uma intervenção da 'troika' (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional) na sua economia nos últimos anos e que levou o setor a quedas abruptas nas suas vendas. 

Em termos globais, as vendas de veículos ligeiros de passageiros nos primeiros quatro meses do ano cresceram 8,2% na União Europeia, totalizando cerca de 4,7 milhões de carros.

Segundo os dados da ACEA, todos os principais mercados registaram uma evolução positiva, "contribuindo para a recuperação do mercado da União Europeia", tal como a Itália (+16,2%), Reino Unido (+ 6,4%), Alemanha (+ 6,4%) e França (+ 5,6%).

Relativamente a abril de 2015, as vendas de veículos ligeiros de passageiros na UE aumentaram pelo vigésimo mês consecutivo (+ 6,9%), totalizando 1.166.482 unidades e "registando o melhor resultado volume para o mês de abril desde 2009". 

O comunicado refere que todos os principais mercados contribuíram positivamente para o crescimento global, especialmente Itália com um crescimento de dois dígitos (+24,2%), a Alemanha (+ 6,3%), o Reino Unido (+ 5,1%), Espanha (+ 3,2%) e França (+ 2,3%) que tiveram um melhor desempenho do que em abril de 2014. 
Lusa
  • Assalto à base militar de Tancos
    0:42

    País

    Várias granadas e munições foram roubadas dos paióis da base militar de Tancos. A Polícia Judiciária Militar já está a investigar.

  • ASAE apreende leite com água oxigenada para fabrico de queijo

    Economia

    A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu leite com água oxigenada, destinado ao fabrico de queijo. As investigações decorreram nos últimos dois meses e foram dirigidas a vários produtores de leite. As investigações iniciaram-se com a deteção de uma viatura para transporte do leite sem qualquer sistema de refrigeração.

  • Ronaldo dispensado da seleção para ir conhecer os filhos

    Taça das Confederações

    A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) informou em comunicado que Cristiano Ronaldo foi dispensado da Taça das Confederações "para que possa conhecer os seus filhos". Numa mensagem no Facebook, o jogador mostrou-se sensibilizado com a decisão da Federação, acrescentando ainda que está "muito feliz por poder, finalmente, estar com os (...) filhos pela primeira vez".

  • Crise na Venezuela faz aumentar casos de desnutrição infantil
    2:13
  • Mulher mata namorado em brincadeira com arma no Youtube

    Mundo

    Uma mulher do Minnesota, nos EUA, está a ser acusada de disparar mortalmente sobre o namorado quando ambos faziam um vídeo para publicar no Youtube. Monaliza Perez, de 20 anos, foi detida depois de disparar sobre Pedro Ruiz, que segurava um livro junto ao seu peito, confiante que seria o suficiente para parar a bala.

  • Comissão Europeia adota plano contra resistência a antibióticos

    Mundo

    A Comissão Europeia adotou, hoje, um plano para combater a resistência aos antibióticos, uma ameaça que mata anualmente 25 mil pessoas na União Europeia (UE) e custa 1,5 mil milhões de euros. Em paralelo ao plano, apresenta ainda regras para um "uso prudente de antibióticos".

  • Comprar ou arrendar casa?
    8:25