sicnot

Perfil

Economia

Ucrânia ameaça congelar pagamento da dívida externa

A Ucrânia ameaçou hoje congelar o pagamento da sua dívida externa no caso de fracassarem as negociações em curso para a sua reestruturação.

© Hannibal Hanschke / Reuters

"Pedimos aos credores para considerarem as propostas do Governo ucraniano e para reestruturarem a dívida de acordo com as condições propostas pelo Governo ucraniano", disse aos deputados o primeiro-ministro da Ucrânia, Arseniy Yatsenyuk.

Os deputados ucranianos aprovaram um projeto de lei que autoriza o Governo a introduzir, "quando necessário", uma moratória sobre o pagamento da dívida externa do país.

"Vamos decidir se usamos esse direito ou não", afirmou o chefe do executivo, salientando que o país não consegue pagar a dívida sem atingir os "bolsos dos ucranianos".

A Ucrânia, que tem de reembolsar nos próximos quatro anos 30 mil milhões de dólares, espera reestruturar 15,3 mil milhões de dólares nas negociações que decorrem com os credores desde março.

O país atravessa uma grave crise financeira depois de quase três anos de recessão e de um ano de conflito.






Lusa
  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC