sicnot

Perfil

Economia

Dívida pública volta a subir no 1.º trimestre para os 130,3% do PIB - BdP

A dívida pública portuguesa aumentou ligeiramente no primeiro trimestre de 2015, atingindo os 226.276 milhões de euros em março, o equivalente a 130,3% do Produto Interno Bruto (PIB), segundo o Banco de Portugal.

SIC

De acordo com o boletim estatístico hoje conhecido, a dívida pública na ótica de Maastricht, a que conta para Bruxelas, passou dos 225.280 milhões de euros em dezembro de 2014 para os 226.276 milhões de euros no final de março, um aumento de quase mil milhões de euros.

Isto fez com que também o rácio da dívida sobre o PIB tivesse aumentado ao longo dos primeiros três meses do ano, dos 130,2% em dezembro para os 130,3% em março.

Excluindo os depósitos da administração pública, a dívida também subiu no primeiro trimestre deste ano, para os 209.248 milhões de euros, depois de ter fechado o ano de 2014 nos 208.128 milhões de euros.

Em termos de rácio da dívida líquida de depósitos face ao PIB, verificou-se também uma subida, uma vez que no final de dezembro a dívida líquida na ótica de Maastricht estava nos 120,3% do PIB e em março atingiu os 120,5%.

  • Vidas de fogo
    12:04

    Reportagem Especial

    Este ano durante o período mais crítico dos fogos, estão no terreno quase dez mil operacionais, a maioria bombeiros voluntários. A Reportagem Especial da SIC deste domingo "Vidas de fogo" dá a conhecer histórias de bombeiros que sobreviveram às chamas enquanto serviam o país.

  • Portugal "precisa avançar no trabalho" para reduzir crédito malparado
    1:36

    Economia

    Bruxelas recomenda e insiste que o Governo português avance no trabalho para resolver o crédito malparado. Em entrevista à SIC e ao Expresso, o vice-Presidente da Comissão para o Euro e Estabilidade Financeira, Valdis Dombrovskis, adianta que Bruxelas está também a preparar um Plano de Ação ao nível europeu.

    Entrevista SIC/Expresso

  • Líder do Daesh abatido durante fuga

    Daesh

    Um líder do Daesh e o assistente foram abatidos pela polícia iraquiana, em Mossul. A notícia é avançada pela agência EFE que esclarece que os dois homens terão sido mortos enquanto fugiam do Oeste para Este da cidade iraquiana através do rio Tigre.