sicnot

Perfil

Economia

Remessas dos emigrantes sobem 11,6% para 786,5 milhões no primeiro trimestre

As remessas dos portugueses no estrangeiro subiram 11,6 por cento, para 786,5 milhões de euros, no primeiro trimestre face aos três primeiros meses de 2014, enquanto as saídas de divisas aumentaram 1,44%, para 122,5 milhões.

© Dado Ruvic / Reuters

De acordo com os dados divulgados hoje pelo Banco de Portugal no boletim estatístico, os trabalhadores portugueses no estrangeiro enviaram em março 263,2 milhões de euros, o que perfaz um total de 786,5 milhões de euros, o que compara com os 704,2 milhões enviados nos primeiros três meses do ano passado.

Em sentido inverso, ou seja, envio de remessas dos estrangeiros a trabalhar em Portugal para o seu país de origem, também houve um aumento, mas bastante mais ligeiro: de janeiro a março, os imigrantes enviaram 122,5 milhões de euros, o que revela uma subida de 1,4% face aos 120,7 milhões que tinham enviado no primeiro trimestre do ano passado.
  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".