sicnot

Perfil

Economia

Avião A320 da Israir arrestado no aeroporto de Lisboa por dívida à Euroatlantic

Um avião da companhia aérea israelita Israir foi hoje arrestado no aeroporto de Lisboa, por uma dívida de "vários milhões de euros" à Euroatlantic, confirmou à Lusa o presidente da transportadora portuguesa, Tomaz Metello.

© Michael Dalder / Reuters

A notícia tinha sido avançada pelo 'site' Presstur, que adiantou que o aparelho chegou ao aeroporto da Portela esta manhã e deveria regressar ainda hoje com um grupo de turistas israelitas, que estava de visita a Portugal.

Tomaz Metello disse à Lusa que há sete anos que a Israir tem uma dívida de "vários milhões de euros" à companhia aérea portuguesa, tendo esta levado o caso para a justiça, até ao Supremo Tribunal, que decidiu a seu favor em dezembro passado.

"Apesar de termos ganho no Supremo, continuavam a não pagar e foi por isso que mandámos arrestar o avião", afirmou o presidente da Euroatlantic.

De acordo com o mesmo responsável, o presidente da Israir desloca-se a Portugal na terça-feira para tentar resolver a situação.

O aparelho em causa é um Airbus A320 e tinha chegado de Tel Aviv pelas 10:30, devendo partir com outros passageiros ainda hoje, de regresso à cidade israelita, mas foi arrestado e os passageiros transportados para um hotel, confirmou por seu turno uma fonte oficial da ANA, empresa gestora do aeroporto de Lisboa. 







Lusa
  • Governo vai avaliar situação da associação Raríssimas
    1:41

    País

    O Governo promete avaliar a situação da instituição Raríssimas e agir em conformidade, depois da denúncia de alegadas irregularidades na gestão financeira. A presidente da instituição terá usado dinheiro da Raríssimas para gastos pessoais como vestidos de alta-costura e alimentação. Esta é uma instituição que apoia doentes e famílias que convivem de perto com doenças raras. 

  • Diáconos permanentes: quem são e que cargo ocupam na comunidade católica
    10:04
  • Múmia quase intacta descoberta em Luxor
    1:23

    Mundo

    O Egito anunciou, este sábado, a descoberta de dois pequenos túmulos com 3.500 anos na cidade de Luxor. Foram também encontrados uma múmia em bom estado de conservação, uma estátua do deus Ámon Ra e centenas de artefactos de madeira e cerâmica ou pinturas intactas.