sicnot

Perfil

Economia

Operários da Camac regressam ao trabalho após seis dias de greve

A laboração na unidade de pneus Camac, de Palmeira, Santo Tirso, retomou esta manhã após seis dias de paralisação para forçar a empresa a pagar remunerações em atraso, informou fonte sindical.

facebook.com/CamacPneus

Cerca de uma centena de operários, de um total de cerca de 130 trabalhadores, estiveram em greve desde o dia 15 até à última sexta-feira, reivindicando o pagamento do pagamento do mês de abril e do subsídio de Natal de 2014.

Em declarações à agência Lusa, o dirigente do sindicato SITE-Norte e trabalhador da Camac Manuel Gonçalves explicou que esta manhã os funcionários decidiram regressar ao trabalho, uma vez que a "promessa" de pagamento do mês de abril "foi cumprida ao longo do fim de semana".

"Hoje já vamos trabalhar porque cumpriram. Esperamos é que este episódio não se repita com o mês de maio. Temos medo que isso aconteça já que para arranjarem este já foi difícil e às pinguinhas", disse Manuel Gonçalves.

Quanto ao subsídio de Natal, o dirigente avançou ter "menos esperança" de que o pagamento esteja "em breve", uma vez que esse valor está incluído no Plano Especial de Revitalização (PER) que a empresa está a desenvolver.

O recurso à greve e paralisação nesta empresa não é inédito. Em julho do ano passado, cerca de uma centena de trabalhadores paralisou a produção também para exigir salários em atraso.



Lusa
  • ANACOM apresenta recomendações para melhorar redes de telecomunicações
    1:17

    País

    A ANACOM entregou um conjunto de recomendações ao Governo, Parlamento, municípios e operadores de telecomunicações. A autoridade reguladora em Portugal das comunicações eletrónicas propõe que os cabos aéreos de telecomunicações sejam substituídos por cabos subterrâneos, entre outras coisas. O objetivo é impedir que as redes fiquem em baixo perante incêndios ou outras catástrofes.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.

  • Atividade económica regista crescimento

    Economia

    A atividade económica portuguesa está a crescer ao maior ritmo dos últimos 17 anos. O crescimento registado em setembro é o mais elevado desde janeiro de 2000. Já o consumo privado registou uma diminuição face a agosto.

    SIC