sicnot

Perfil

Economia

"PS está a propor um rombo de 1850 milhões nas receitas da Segurança Social"

"PS está a propor um rombo de 1850 milhões nas receitas da Segurança Social"

O futuro da Segurança Social foi o tema de análise de José Gomes Ferreira, no Jornal da Noite, da SIC. A ministra das Finanças admitiu corte nas pensões, mas o CDS e o PSD dizem que não há propostas fechadas. O PS quer redução dos descontos e propõe perda de receita para compensar. Na opinião de José Gomes Ferreira, o "PS está a propor um rombo de 1850 milhões nas receitas da Segurança Social".

  • António Costa promete prudência na redução da TSU
    2:00

    Economia

    Na comissão nacional do PS, António Costa prometeu prudência na redução da TSU e voltou a afirmar que a descida da Taxa Social Única não coloca em causa a sustentabilidade da Segurança Social. Ainda assim, o líder do PS não se livrou das críticas internas.

  • PS reitera críticas aos cortes nas pensões
    2:03

    País

    A polémica sobre as pensões está a dividir o PS e a maioria, a menos de meio ano das eleições legislativas. A ministra das Finanças reafirmou que é preciso mexer nas reformas para equilibrar as contas da Segurança Social. O PS voltou a criticar os cortes e a sublinhar que, pelo conrtrário, é possivel aliviar os descontos e deixar mais dinheiro no bolso dos trabalhadores.

  • PSD acusa PS de andar aos "ziguezagues" em relação à descida da Taxa Social Única
    0:58

    Economia

    O porta voz do PSD desvalorizou, esta tarde, as declarações da ministra das finanças, que admitiu novos cortes nas pensões.À saída de uma reunião com a UGT, Marco António Costa defendeu que a reforma da segurança social tem de ser feita em consenso entre PSD, CDS e PS. O vice presidente do PSD criticou ainda a proposta socialista de diminuição da taxa social única.

  • CGTP e UGT criticam corte nas pensões e mexidas na Taxa Social Única
    0:38

    Economia

    A UGT e a CGTP estão contra a descida da taxa social única, prevista no projecto de programa do PS. Os dirigentes das centrais sindicais defenderam hoje, em Lisboa, que a medida coloca em causa o financiamento da Segurança Social.O secretário geral da CGTP também criticou o Governo por fazer declarações contraditórias sobre um eventual corte nas pensões.

  • As IPSS são estruturantes no país. Fazem o que Estado não faz porque não pode, não quer, ou não chega a tudo. Chama-se sociedade civil a funcionar. E o Estado subsidia, ajuda, (com)participa, apoia. Nada contra. A questão é quando as IPSS e outras instituições, fundações, associações, federações e quejandas se tornam verdadeiras "indústrias".

    Pedro Cruz

  • O ano "saboroso" de António Costa
    0:51

    País

    António Costa diz que 2017 foi um ano "saboroso" para Portugal. Num encontro com funcionários portugueses, em Bruxelas, antes do Conselho Europeu desta quinta-feira, o primeiro-ministro realçou o que o país conquistou no último ano, no plano europeu, e que culminou com a eleição de Mário Centeno para a Presidência do Eurogrupo.

  • Lince ibérico esteve à venda no OLX

    País

    Um anúncio de venda de um lince ibérico, por 1.500 euros, foi publicado esta semana no site de classificados OLX, com uma morada de Alcoutim, no Algarve. A autenticidade da publicação não foi confirmada, mas em setembro foi encontrada a coleira de um lince ibérico precisamente em Alcoutim. As autoridades estão a investigar.

    SIC

  • Estabilização dos solos nas áreas ardidas
    1:58

    País

    Está a começar uma intervenção de emergência para estabilizar os solos nas áreas ardidas nos incêndios florestais. O trabalho das equipas que estão no terreno arrancou na zona da Lousã mas vai passar por vários concelhos como Pampilhosa da Serra e Vila Real.