sicnot

Perfil

Economia

As queixas dos utentes do Metro

As queixas dos utentes do Metro

As filas para os autocarros da Carris acumularam centenas de pessoas, esta manhã. Enquanto esperam, os utentes queixam-se das greves consecutivas no metro, do tempo de espera por um autocarro e da falta de transportes alternativos nestes dias de paralisação.

  • "Nós estamos a lutar pelos nossos postos de trabalho, pela empresa e pelos utentes"
    1:05

    Economia

    O Metro de Lisboa está hoje em greve, durante 24 horas. A circulação foi suspensa, ao final da noite de ontem, e só será retomada amanhã, às 06:30. Esta é já a sexta paralisação, desde o início do ano. Anabela Carvalheira, do Sindicato dos Transportes, diz que os trabalhadores do Metro de Lisboa compreendem a revolta dos utentes nestes dias, mas garante que, se as greves tiverem sucesso, todo saem beneficiados.

  • Lisboa sem metro

    País

    É já a sexta greve, este ano, no Metro de Lisboa. Hoje não há composições a circular. A adesão dos trabalhadores do Metropolitano de Lisboa à greve de 24 horas levouao encerramento das portas das estações e à paragem da circulação, disse à Lusa fonte da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações.

  • BE diz que é urgente preparar o país para a saída do euro
    1:10

    País

    Catarina Martins diz que é urgente preparar o país para o cenário de saída do euro. No final da reunião da mesa nacional do Bloco de Esquerda, a coordenadora do partido criticou o encontro de líderes europeus em Roma e disse ainda que a Europa da convergência chegou ao fim.

  • "Mais UE não significa mais Europa"
    0:50

    País

    O secretário-geral do PCP insiste nas críticas à União Europeia. Um dia depois da comemoração dos 60 anos do Tratado de Roma, Jerónimo de Sousa defendeu, no Seixal, que o modelo europeu está esgotado e prejudica vários países, incluindo Portugal.

  • Aplicação WhatsApp acusada de permitir conversas secretas entre terroristas
    1:45
  • "Um Lugar ao Sol"
    17:05
    Perdidos e Achados

    Perdidos e Achados

    SÁBADO NO JORNAL DA NOITE

    O Perdidos e Achados foi conhecer como eram as férias de outros tempos. Quando o Estado Novo controlava o lazer dos trabalhadores e criava a ilusão de um país exemplar. Na Costa de Caparica, onde é hoje o complexo do INATEL estava instalada a maior colónia de férias do país, chamava-se "Um Lugar ao Sol".