sicnot

Perfil

Economia

Juros da dívida de Portugal a cair a a dois e a dez anos e subir a cinco anos

Os juros da dívida de Portugal estavam hoje a cair a dois e a dez anos e a subir a cinco anos em relação a segunda-feira.   

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

Hoje, cerca das 08:35 em Lisboa, os juros da dívida portuguesa a dez anos estavam a descer para 2,520%, contra 2,855% na segunda-feira. O atual mínimo de sempre é de 1,560% e foi registado a 13 de março passado.                                                                                   

Os juros a dois anos também estavam a cair, para 0,028%, contra 0,056% na segunda-feira e o mínimo de sempre, de 0,013%, a 13 de abril passado.     

Em sentido contrário, oa juros a cinco anos estavam a subir, para 1,144%, contra 1,093% na segunda-feira e o mínimo de sempre, de 0,749%, a 10 de abril passado.  

Depois de ter iniciado a 09 de março passado um programa sem precedentes de compra de dívidas soberanas e privadas, que vai permitir injetar 60 mil milhões de euros por mês, até, pelo menos, setembro de 2016, na economia da zona euro, na esperança de a redinamizar, o Banco Central Europeu (BCE) manteve as taxas de juro inalteradas em mínimos na última reunião de política monetária de 15 de abril.        

Os efeitos do programa fizeram sentir-se, por antecipação, nas taxas de juro das dívidas soberanas, que evoluem em sentido inverso ao da procura e têm renovado mínimos diariamente. Algumas das taxas tornaram-se negativas nos prazos mais curtos, ou seja, os investidores estão dispostos a pagar para deter estes títulos por os considerarem muito seguros.   

A 17 de maio de 2014, Portugal abandonou oficialmente o resgate sem qualquer programa cautelar.

O programa de ajustamento pedido por Portugal à 'troika' (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional), no valor de 78 mil milhões de euros, esteve em vigor durante cerca de três anos.

Hoje, os juros da dívida soberana da Irlanda estavam a cair a dois, a cinco e a dez anos, enquanto os de Itália e de Espanha estavam a cair a dois anos e a subir a cinco e a dez.

Em relação aos juros da Grécia, estes estavam a subir a dois e a dez anos para valores em torno dos 24,4% e 11,7%, respetivamente.

  • Madrid suspende governo regional da Catalunha

    Mundo

    O chefe do Governo espanhol anunciou hoje que decidiu acionar o artigo 155º da Constituição espanhola e pedir ao Senado a suspensão das funções do governo regional da Catalunha. Em conferência de imprensa justificou a adoção das medidas dada a "desobediência rebelde, sistemática e consciente" do Governo regional (Generalitat).

    Em atualização

  • Manifestações contra os incêndios um pouco por todo o país
    1:33

    País

    Estão marcadas para esta tarde várias manifestações contra os incêndios e as políticas florestais, mas também de homenagem às vítimas dos fogos que arrasaram o país. As iniciativas de protesto são quase todas organizadas através das redes sociais e por grupos de cidadãos.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.