sicnot

Perfil

Economia

Maria Luís quer consenso com PS para a Segurança Social

Maria Luís quer consenso com PS para a Segurança Social

A ministra das Finanças quer um amplo consenso com o PS para garantir a sustentabilidade da Segurança Social. No final de uma conversa com militantes do PSD, em Rio Maior, Maria Luís Albuquerque explicou ontem que não há uma solução mas é importante um entendimento com o maior partido da oposição.

  • PSD acusa PS de andar aos "ziguezagues" em relação à descida da Taxa Social Única
    0:58

    Economia

    O porta voz do PSD desvalorizou, esta tarde, as declarações da ministra das finanças, que admitiu novos cortes nas pensões.À saída de uma reunião com a UGT, Marco António Costa defendeu que a reforma da segurança social tem de ser feita em consenso entre PSD, CDS e PS. O vice presidente do PSD criticou ainda a proposta socialista de diminuição da taxa social única.

  • CGTP e UGT criticam corte nas pensões e mexidas na Taxa Social Única
    0:38

    Economia

    A UGT e a CGTP estão contra a descida da taxa social única, prevista no projecto de programa do PS. Os dirigentes das centrais sindicais defenderam hoje, em Lisboa, que a medida coloca em causa o financiamento da Segurança Social.O secretário geral da CGTP também criticou o Governo por fazer declarações contraditórias sobre um eventual corte nas pensões.

  • "PS está a propor um rombo de 1850 milhões nas receitas da Segurança Social"
    4:15

    Economia

    O futuro da Segurança Social foi o tema de análise de José Gomes Ferreira, no Jornal da Noite, da SIC. A ministra das Finanças admitiu corte nas pensões, mas o CDS e o PSD dizem que não há propostas fechadas. O PS quer redução dos descontos e propõe perda de receita para compensar. Na opinião de José Gomes Ferreira, o "PS está a propor um rombo de 1850 milhões nas receitas da Segurança Social".

  • Atacantes usaram "tática defendida pelos extremistas do Daesh"
    1:43

    Ataque em Barcelona

    O ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo esteve em direto, para a SIC Notícias, onde falou sobre o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona. José Manuel Anes falou na tática defendida na revista dos extremistas do Daesh e que foi usada neste ataque: a utilização de viaturas "de preferência as mais pesadas para matar o maior número de pessoas".