sicnot

Perfil

Economia

Costa defende que descida da TSU não põe em causa Segurança Social

Costa defende que descida da TSU não põe em causa Segurança Social

António Costa voltou, esta quarta-feira, a defender a descida da Taxa Social Única para os trabalhadores, durante três anos. O secretário-geral do PS esteve numa sessão de esclarecimentos sobre as propostas do partido, em Lisboa, e disse que a medida vai servir para dinamizar a economia, sem pôr em causa a sustentabilidade da Segurança Social.

  • Sindicatos querem esclarecimento do PS sobre redução da TSU
    0:56

    Economia

    O dirigente do Sindicado dos Trabalhadores da Administração Pública disse que espera que o debate acerca do programa eleitoral socialista esta manhã deixe esclarecida a questão da redução da TSU. José Abraão insiste que o mais importante é que essa redução não tenha repercussões nas pensões futuras.

  • Presidente da Associação Portuguesa de Reformados contra descida da TSU
    0:47

    Economia

    A presidente da Associação Portuguesa de Reformados passou este domingo pela comissão nacional do PS. Maria do Rosário Gama transmitiu a António Costa que não concorda com a descida da TSU. Foram, no entanto, as declarações da ministra das Finanças que destacou, considerando que Maria Luís Albuquerque perdeu os votos dos pensionistas.

  • António Costa promete prudência na redução da TSU
    2:00

    Economia

    Na comissão nacional do PS, António Costa prometeu prudência na redução da TSU e voltou a afirmar que a descida da Taxa Social Única não coloca em causa a sustentabilidade da Segurança Social. Ainda assim, o líder do PS não se livrou das críticas internas.

  • "Tudo o que o Benfica está a fazer é uma forma de coação"
    1:59
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    As queixas do Benfica contra a Federação Portuguesa de Futebol e a Liga foram tema de debate no Play-Off da SIC Notícias. Rodolfo Reis, Manuel Fernandes e Rui Santos acreditam que a posição está relacionada com o clássico Benfica-Porto do próximo sábado. Já João Alves considera que estes comunicados podem prejudicar o Benfica.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41
  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.