sicnot

Perfil

Economia

Setor acredita que 2015 vai trazer mais turistas

 Os profissionais e responsáveis de organizações do setor do turismo em Portugal acreditam que o ano de 2015 vai ser melhor do que 2014, segundo os resultados de um barómetro realizado pelo IPDT - Instituto de Turismo.

© Hugo Correia / Reuters

Dos dados obtidos no inquérito, que constam do novo anuário "O Turismo em 2015", conclui-se que "mais de 70% (dos inquiridos que responderam) acreditam que, este ano, as receitas, dormidas e número de turistas vão ser superiores aos números de 2014", indica um comunicado do IPDT.

Por outro lado, o painel de inquiridos acredita também que o gasto médio por turista vai este ano ser superior (37%) ou igual (49,4%) ao que se registou em 2014, de acordo com a informação publicada no novo anuário.

Os dados do barómetro apontam ainda a instabilidade económica (27%), a ausência de promoção ou promoção desarticulada (13%) e a carga fiscal (12%) como os fatores que mais impacto negativo podem vir a ter no desenvolvimento do turismo em Portugal.

Em contrapartida, a atratividade, qualidade e destino moda (28%), o crescimento económico (12%) e a promoção e comunicação assertiva (11%) podem ter influências positivas, acreditam os membros do painel.

De acordo com o comunicado do IPDT, o novo anuário revela ainda que a China "deverá liderar o crescimento dos mercados internacionais de turismo", enquanto Espanha, França, Reino Unido e Alemanha deverão ter igualmente "bom desempenho".

O Barómetro do Turismo do IPDT tem como objetivo analisar a opinião de profissionais e responsáveis das organizações ligadas ao setor, sendo composto por 175 personalidades do turismo em Portugal, indica o instituto no seu 'site'.

   

  • Lei existe há quatro anos mas não tem regulamentação
    2:03
  • Denúncia de maus tratos a cães no canil municipal de Elvas
    2:24

    País

    O Grupo de Intervenção e Resgate Animal denunciou nas redes sociais alegados maus tratos a animais no canil municipal de Elvas. As imagens mostram uma cadela com uma corda ao pescoço. A autarquia abriu um inquérito para averiguar o caso, suspendendo também o trabalho dos voluntários no canil.

  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Ovibeja aposta este ano na internacionalização da agricultura
    2:07

    País

    A Ovibeja começou esta quinta-feira e este ano aposta na internacionalização dos produtos agrícolas do Alentejo. Centenas de expositores esgotam o certame, que é uma monstra da agricultura portuguesa. António Costa, na sexta-feira, e Marcelo Rebelo de Sousa, no sábado, são alguns dos políticos com a presença marcada em Beja.

  • Estados Unidos vão reforçar as sanções à Coreia do Norte
    1:31

    Mundo

    Washington pretende também investir nos esforços diplomáticos para que Pyongyang ponha fim aos programas nucleares e de mísseis. A nova estratégia de Donald Trump foi anunciada quarta-feira à noite. A força aérea norte-americana testou esta quarta-feira um míssil de longo-alcance que percorreu 6800 quilómetros sobre o Pacífico a partir de uma base na Califórnia.

  • Le Pen vai à pesca
    0:35

    Eleições França 2017

    Marine Le Pen, candida à presidência de França fez esta quinta-feira uma "pausa" na campanha eleitoral e aproveitou para ir à pesca. A candidata navegou num barco de pesca no Mediterrâneo.