sicnot

Perfil

Economia

Setor acredita que 2015 vai trazer mais turistas

 Os profissionais e responsáveis de organizações do setor do turismo em Portugal acreditam que o ano de 2015 vai ser melhor do que 2014, segundo os resultados de um barómetro realizado pelo IPDT - Instituto de Turismo.

© Hugo Correia / Reuters

Dos dados obtidos no inquérito, que constam do novo anuário "O Turismo em 2015", conclui-se que "mais de 70% (dos inquiridos que responderam) acreditam que, este ano, as receitas, dormidas e número de turistas vão ser superiores aos números de 2014", indica um comunicado do IPDT.

Por outro lado, o painel de inquiridos acredita também que o gasto médio por turista vai este ano ser superior (37%) ou igual (49,4%) ao que se registou em 2014, de acordo com a informação publicada no novo anuário.

Os dados do barómetro apontam ainda a instabilidade económica (27%), a ausência de promoção ou promoção desarticulada (13%) e a carga fiscal (12%) como os fatores que mais impacto negativo podem vir a ter no desenvolvimento do turismo em Portugal.

Em contrapartida, a atratividade, qualidade e destino moda (28%), o crescimento económico (12%) e a promoção e comunicação assertiva (11%) podem ter influências positivas, acreditam os membros do painel.

De acordo com o comunicado do IPDT, o novo anuário revela ainda que a China "deverá liderar o crescimento dos mercados internacionais de turismo", enquanto Espanha, França, Reino Unido e Alemanha deverão ter igualmente "bom desempenho".

O Barómetro do Turismo do IPDT tem como objetivo analisar a opinião de profissionais e responsáveis das organizações ligadas ao setor, sendo composto por 175 personalidades do turismo em Portugal, indica o instituto no seu 'site'.

   

  • Aluno abre fogo em escola brasileira, pelo menos dois mortos

    Mundo

    Um aluno de 14 anos disparou vários tiros esta sexta-feira numa escola particular, em Goiânia, no Brasil. De acordo com o Globo, dois estudantes morreram e outros quatro ficaram feridos com gravidade. O aluno do 8.º ano foi detido pelas autoridades.

  • Um morto e sete feridos em ataque com faca na Polónia

    Mundo

    Um homem atacou esta sexta-feira várias pessoas com uma faca, num centro comercial em Stalowa Wola, na Polónia. Segundo as autoridades, uma pessoa morreram e sete ficaram feridas. O atacante foi preso pela polícia, depois de ser detido por alguns cidadãos que estavam no centro comercial.

  • Família perde tudo na aldeia de Queirã
    2:32
  • Temperaturas sobem no fim de semana, risco de incêndio aumenta
    1:08

    País

    A chuva que caiu nos últimos dias não deverá ter impactos relevantes na dominuição da seca e, por isso, o risco de incêndios vai voltar a aumentar com nova subida das temperaturas. Os termómetros podem chegar aos 30 graus entre domingo e quarta-feira.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão