sicnot

Perfil

Economia

Prazo para entrega de IRS dos trabalhadores independentes termina hoje

Os trabalhadores independentes ou que acumulem rendimentos de diferentes categorias têm até ao final do dia de hoje para entregar as declarações do IRS referente ao ano passado através do Portal das Finanças.

(Arquivo)

(Arquivo)

SIC

Depois de terminada a fase de entrega das declarações de IRS para trabalhadores com rendimentos de trabalho dependente (categoria A) e pensionistas (categoria H), o prazo para a apresentação das declarações para os trabalhadores independentes (categoria B) ou que acumulem rendimentos de diferentes categorias termina hoje.

Segundo informação da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), até sexta-feira tinham sido submetidas mais de 4,7 milhões de declarações de IRS, valor que, a dois dias do final do prazo, fica ligeiramente abaixo do total de quase 5,1 milhões de declarações de IRS entregues em 2014.

Os números da AT dão conta de que desse total entregue, cerca de 3,3 milhões de declarações foram submetidas na primeira fase, ou seja, são referentes a trabalhadores com rendimento dependente e pensionistas, e os restantes 1,4 milhões de declarações foram entregues na segunda fase -- que termina hoje. 

Na sexta-feira, a AT tinha já procedido a quase 110.000 liquidações de IRS, sendo que, segundo o Ministério das Finanças, o reembolso do IRS começou a ser feito a 22 de abril.

Os trabalhadores que acumulam recibos verdes com atividade por conta de outrem têm desde 2014 de preencher o 'Anexo SS' (Segurança Social) quando entregam a declaração de IRS.

Sábado, o ministro Mota Soares, falando em Mogadouro, à margem de uma visita a estruturas sociais, disse que 200 mil portugueses já tinham feito a entrega do 'Anexo SS' da declaração de IRS.

 Segundo o governante só faltam dois por cento dos contribuintes, abrangidos pela medida, para fazer a entrega deste tipo de declaração.

A obrigação de entrega do anexo SS para estes trabalhadores surgiu na Lei do Orçamento do Estado para 2014, mas só foi objeto de um esclarecimento da Segurança Social este ano, no dia 07 de maio, uma semana depois de ter começado o prazo de entrega do IRS dos trabalhadores independentes pelo Portal de Finanças.

A lei prevê coimas (contraordenação leve) até 250 euros pela não apresentação do 'Anexo SS', mas até agora a Segurança Social não aplicou qualquer multa e o ministro da Segurança Social clarificou que tem havido essa "cautela" de não levantar coimas aos contribuintes.

 

Lusa


  • Pablo Bravo: o chileno suspeito de um assalto milionário em Gaia
    6:01

    País

    As autoridades receiam um aumento da violência nos assaltos de redes sul-americanas em Portugal, à semelhança do que tem acontecido noutros países europeus. Pablo Bravo é um chileno com um longo cadastro criminal que, em Portugal, é suspeito de um assalto milionário a um hipermercado, em Gaia e, dias depois, foi detido em flagrante, em Paris, a tentar roubar uma loja de relógios de luxo.

    Notícia SIC

  • Obras para as novas instalações da SIC já começaram
    1:54

    País

    As obras do novo estúdio da SIC e SIC Notícias vão começar. A ampliação do edifício do grupo Impresa vai unir os funcionários do grupo num único espaço, com uma área de 750 metros. O Presidente da Câmara de Oeiras entregou esta terça-feira a licença de obra.

  • Cada vez mais pessoas viajam no Carnaval e Páscoa
    3:08

    Economia

    A procura de viagens na altura do Carnaval e Páscosa tem vindo a aumentar e vários destinos já estão esgotados já que muitas pessoas optam por tirar dias de férias nesta altura do ano. Em contagem decrescente, as agências de viagens não têm tido mãos a medir com promoções e ofertas para destinos variados e adequados a várias bolsas.

  • Jovem indiano acorda a caminho do próprio funeral

    Mundo

    Um jovem indiano chocou os seus parente e amigos, depois de acordar no caminho para o seu próprio funeral. No mês antes, Kumar Marewad foi levado para o hospital após ser mordido por um cão de rua, ficando em estado grave.

  • Bilhete de desculpas valeu uma bolsa de estudo

    Mundo

    Um jovem chinês ganhou uma bolsa de estudos no valor de 10 mil yuan (cerca de 1.380 euros), depois de danificar acidentalmente um carro de luxo. Isto, porque após os estragos, o jovem deixou um bilhete de desculpas ao dono, assim como todo o dinheiro que tinha com ele, como compensação.