sicnot

Perfil

Economia

Sindicatos dos transportes agendam semana de luta de 15 a 19 de junho

Representantes de trabalhadores de várias empresas públicas do setor dos transportes agendaram hoje uma semana de luta, de 15 a 19 de junho, contra a privatização e a subconcessão de empresas, disse à Lusa fonte sindical.

(Lusa/Arquivo)

(Lusa/Arquivo)

(Lusa/Arquivo)

A decisão foi tomada durante um encontro que reuniu hoje, em Lisboa, representantes de sindicatos e de comissões de trabalhadores do Metropolitano de Lisboa, da rodoviária lisboeta Carris, da Soflusa e da Transtejo (responsáveis pelas ligações fluviais na região de Lisboa), do setor ferroviário, da companhia aérea TAP e da Sociedade de Transportes Coletivos do Porto (STCP).

De acordo com José Manuel Oliveira, coordenador da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans), no encontro foram analisadas as ações de luta já realizadas contra a subconcessão e a privatização, decidindo-se a convergência e concertação de iniciativas nas empresas do setor na semana de 15 a 19 de junho.

"É importante fazer uma semana de trabalho de intervenção sindical com plenários, com paralisações e eventualmente também com greves, com ações que irão agora ser construídas empresa a empresa numa perspetiva de continuarmos a ter na ordem do dia este debate e a posição dos trabalhadores e organizações sindicais e comissões de trabalhadores de oposição a este modelo", disse José Manuel Oliveira.

Apesar de as ações de protesto serem definidas empresa a empresa, o sindicalista salientou que está prevista a realização e uma ação "convergente" que envolva todas as empresas do setor.

O Governo aprovou a 26 de fevereiro a subconcessão do Metro de Lisboa e da Carris, deixando de fora a Soflusa.

Em março, foi publicado em Diário da República o anúncio do concurso público internacional e as empresas escolhidas para gerirem o Metro e a Carris nos próximos oito anos deverão ser conhecidas em breve.

Nas intenções do Governo estão também as privatizações da TAP, da CP Carga (setor ferroviário) e da EMEF -- Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário.

O concurso público para a subconcessão da STCP, que gere um serviço rodoviário no Porto, foi lançado em agosto de 2014, tendo sido ganho pelo consórcio espanhol TMB - Transports Metropolitans de Barcelona/Moventis, o único que se apresentou a concurso. Deverá começar a operar a partir do final de junho o Metro do Porto.

Lusa
  • Catalunha vs Espanha
    29:35

    Grande Reportagem SIC

    2017 ficará como o ano da Catalunha e de como a região espanhola foi falada em todo o mundo, por causa do grito de independência que não aconteceu. O jornalista Henrique Cymerman esteve na Catalunha e foi um dos poucos repórteres do mundo que conseguiu chegar ao esconderijo do presidente demissionário do Governo catalão, Carles Puigdemont, em Bruxelas.

  • Pensões vão subir em janeiro

    Economia

    As pensões vão subir entre 1 e 1,8% em janeiro próximo. O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou esta quinta-feira o valor da inflação, que vai definir a atualização das reformas em 2018.

  • Investigação australiana recomenda fim do celibato na Igreja Católica

    Mundo

    Uma investigação australiana sobre abuso sexual de crianças recomendou hoje à Igreja Católica que levante a exigência de celibato ao clero, de acordo com o relatório final. O mesmo documento, com 189 recomendações e 17 volumes, indicou que deve também ser esclarecido até onde vai o segredo da confissão quando estão em causa provas de crimes contra menores.

  • Trabalhos de estabilização de solos nas áreas ardidas começam na Lousã
    1:24

    País

    Vários concelhos afetados pelos incêndios estão a começar a receber uma intervenção de emergência para estabilizar os solos nas áreas ardidas. O trabalho arrancou esta quinta-feira na zona da Lousã e tem como objetivo reduzir o impacto da chuva nos terrenos afetados pelos fogos. Nos trabalhos, estão presentes o Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro e a Força Especial de Bombeiros.

  • Anúncio de lince ibérico no OLX sob investigação
    1:25

    País

    A GNR está a investigar um anúncio de venda de um lince ibérico no site de classificados OLX. As autoridades admitem poder tratar-se de uma bricandeira, mas sendo o lince uma espécie protegida e a sua captura e venda um crime, o caso está a ser investigado. O anúncio foi entretanto retirado do site.