sicnot

Perfil

Economia

Petição pede fim das tarifas de roaming a partir de dezembro

Para eliminar o 'roaming' no uso do telemóvel nos países da União Europeia, a DECO junta-se a várias organizações numa campanha digital de recolha de assinaturas para apoiar o Parlamento Europeu na eliminação daquelas tarifas a partir de dezembro.  

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Pawel Kopczynski / Reuters

A campanha, lançada sob o lema "Zero Roaming" e disponível no endereço www.change.org/zero-roaming, é organizada pela DECO, pela OCU - Organização de Consumidores e Usuários de Espanha, pelo Eixo Atlântico, pela Rede Ibérica de Entidades Transfronteiriças - RIET, e conta com o apoio da Organização Europeia de Consumidores - BEUC. 

 
 

"É o momento de fazer ouvir a nossa voz para apoiar a petição ao Parlamento Europeu que nos representa: eliminar as tarifas de roaming a partir de dezembro 2015", lê-se na petição, na qual é destacado o "elevado e injustificado" custo que representa o uso do telemóvel no estrangeiro. 

 
 

O 'roaming' é o serviço que permite utilizar o telemóvel e o acesso à internet no estrangeiro, pagando o utilizador uma tarifa superior à nacional pelos mesmos serviços, um custo extra que as organizações que lançaram a petição consideram violar os princípios do Mercado Interno Europeu por afetar os direitos dos cidadãos de se moverem livremente pelo território da União Europeia.  

 
 

Em abril de 2014 o Parlamento Europeu aprovou a proposta da Comissão Europeia para eliminar o 'roaming' em dezembro de 2015, mas a medida acabou por ser travada pelos Estados membros, tendo sido antes proposto adiar esta decisão para 2018. 

 
 

As organizações lançam agora esta petição para que os cidadãos façam ouvir a sua voz, a favor do fim do roaming, e exijam o cumprimento da proposta do Parlamento Europeu e a eliminação do 'roaming' em dezembro de 2015.



Lusa

  • Costa desvaloriza ameaça e mantém planos de visita a Angola
    2:27

    Economia

    O governo angolano reagiu duramente à acusação do Ministério público portugues contra o vice-presidente de Angola. Luanda diz que a acusação é um sério ataque à República de Angola que pode perturbar as relações entre os dois paises. António Costa desvaloriza a ameaça e mantém os planos de uma visita a Angola na primavera.

  • Catarina Martins diz que é preciso ouvir os dois secretários de Estado sobre offshores
    1:27

    Economia

    O Bloco de Esquerda diz que participa com empenho em todas as comissões de inquérito, mas insiste que não faz sentido suspender o trabalho da comissão em curso sobre a Caixa Geral de Depósitos. Catarina Martins esteve esta manhã em Estremoz, onde comentou também o caso das transferências para offshores. A coordenadora do Bloco diz que é preciso ouvir os dois Secretários de Estado dos assuntos fiscais para perceber o que se passou.

  • Brasil já tirou o "pé do chão"
    1:59

    Mundo

    Já começaram os desfiles e festas de carnaval, no Rio de Janeiro.Esta sexta feira foi o início oficial das celebrações com centenas de milhar de pessoas nas ruas até de madrugada.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Atores de Hollywood contra Trump
    1:44

    Mundo

    Centenas de pessoas juntaram-se em mais um protesto contra o presidente dos Estados Unidos. A manifestação, em Beverly Hills, juntou várias estrelas de Hollywood.