sicnot

Perfil

Economia

Joaquim Coimbra pede 43 milhões de euros ao BIC

O empresário Joaquim Coimbra reclama o pagamento de 43 milhões de euros ao BIC, o banco que comprou o BPN.

O objetivo é recuperar alegadas perdas com contratos de venda e recompra de ações firmados pela antiga administração do BPN. (Arquivo)

O objetivo é recuperar alegadas perdas com contratos de venda e recompra de ações firmados pela antiga administração do BPN. (Arquivo)

SIC

O objetivo é recuperar alegadas perdas com contratos de venda e recompra de ações firmados pela antiga administração do BPN.

No entanto, a Parvalorem, a empresa do Estado que ficou a gerir os ativos tóxicos do BPN, reclama a Joaquim Coimbra o pagamento de 57 milhões de euros. que o empresário terá ficado a dever ao banco de Oliveira Costa.
  • Nacionalização do BPN custou mais de dois mil e 200 milhões de euros ao Estado
    1:55

    Economia

    O Estado gastou mais de dois mil e 200 milhões de euros para nacionalizaro BPN, no final do ano passado. O relatório do Tribunal de Contas alerta ainda que poderão surgir novos encargos o que significa que o custo para o erário público pode não ficar por aqui. De relembrar que o BPN foi nacionalizado em finais de 2008 e vendido aos angolanos do BIC, há dois anos, por 40 milhões de euros.

  • Novas buscas no Universo Espírito Santo

    Queda do BES

    O Ministério Público voltou a fazer buscas no âmbito dos processos do Universo Espírito Santo. A SIC sabe que ontem e hoje os investigadores recolheram provas em diversos locais do continente e também na Madeira, nomeadamente em residências, empresas e entidades bancárias.

    Notícia SIC

  • Visitar a região afetada pelo fogos é uma forma de ajudar na recuperação
    3:07
  • Carvalhal do Sapo tenta recuperar a vida normal após incêndio
    2:33

    País

    As populações das aldeias de Góis tentam voltar à normalidade, ao fim de vários dias rodeadas por um grande dispositivo de operacionais. A repórter Cristina Freitas esteve hoje em Carvalhal do Sapo, onde se realizou mais um funeral de uma das vítimas do incêndio de Pedrógão Grande.

  • Falta de médicos e de ofertas de emprego preocupa habitantes da Guarda
    5:13
  • "Do ponto de vista interno a candidatura do Porto é a melhor" 
    0:50

    País

    António Costa admite que a candidatura da cidade do Porto para receber a Agência Europeia do Medicamento seria a melhor para Portugal. No entanto o primeiro-ministro diz que é preciso avaliar se a candidatura do Porto é a que tem mais hipóteses de ganhar, quando comparada com outras cidades europeias. 

  • Depois da "provocação", o acidente em cadeia
    0:43