sicnot

Perfil

Economia

Falta de acordo seria o princípio do fim para a zona euro, diz Tsipras

A falta de acordo sobre a Grécia significaria "o princípio do fim" para a zona euro, advertiu o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, numa entrevista hoje ao jornal italiano Corriere della Sera.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Alkis Konstantinidis / Reuters

Questionado sobre se o fracasso das negociações entre Atenas e os credores internacionais significaria o fracasso da Europa, Tsipras respondeu: "Penso que é evidente. Isso seria o início do fim da zona euro". 

Para o primeiro-ministro grego, "se a Grécia falir, os mercados vão imediatamente procurar outro" elo mais fraco da zona euro, disse, numa alusão a Espanha ou a Itália.

"Se os dirigentes europeus não conseguem resolver um problema como o da Grécia, que representa 2% da sua economia, qual será a reação dos mercados para os países que enfrentam problemas maiores, como a Espanha ou Itália?", questionou. 

Não obstante, considerou que o acordo poderá ser alcançado em breve: "Penso que estamos muito próximos de um acordo (...), só falta adotar uma atitude positiva em relação às nossas propostas alternativas aos cortes nas pensões ou à imposição de medidas que provoquem a recessão", afirmou Tsipras.

As discussões entre a Grécia e os seus credores regressaram na segunda-feira, a pequenos passos, apesar da urgência, com o Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, a apelar para que as partes sejam "flexíveis".

A Grécia, que deveria fazer quatro reembolsos entre 05 e 19 de junho, pediu o seu agrupamento numa única prestação, a pagar no final do mês, como tem direito. 

Os gregos, que negoceiam a concessão de um empréstimo de 7,2 mil milhões de euros, com o Fundo Monetário Internacional, a União Europeia e o Banco Central Europeu, condicional à realização de reformas difíceis, têm assim mais algum tempo para as negociações, antes de ficarem com os cofres vazios.
  • Mulher detida ao tentar atropelar polícias junto ao Capitólio, em Washington

    Mundo

    Agentes da polícia abriram fogo contra uma mulher (e não um homem, ao contrário do que inicialmente se disse) que conduzia um carro perto do Capitólio e tentava atropelá-los, segundo o Departamento da Polícia Metropolitana de Washington. A mulher foi detida mas a polícia garante que não se tratou de um ato terrorista.

  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.