sicnot

Perfil

Economia

Perto de 300 metalúrgicos protestam junto à fábrica da Mercedes em São Paulo

No Brasil, perto de 300 metalúrgicos continuam acampados junto às instalações da fábrica da Mercedes de São Paulo. Estão em protesto contra o despedimento de 500 trabalhadores, anunciado há cerca de 15 dias.

As vendas de automóveis caíram 40% desde o início do ano. A linha de produção foi suspensa a 1 de junho. 

A administração prevê que a produção seja retomada na segunda-feira, mas se a procura não aumentar, é possível que a empresa prolongue a suspensão. Os trabalhadores estão acampados pelo segundo dia e prometem novas formas de luta contra o despedimento.
  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08