sicnot

Perfil

Economia

Louçã diz que PS tem que assumir o compromisso de reverter a venda da TAP se ganhar as eleições

Louçã diz que PS tem que assumir o compromisso de reverter a venda da TAP se ganhar as eleições

Francisco Louçã diz que o PS vai ter que assumir o compromisso de reverter a venda da TAP se ganhar as eleições. Louçã lembrou que os socialistas não ficam numa situação fácil.

  • Reestruturação da TAP vai avançar antes dos novos donos entrarem na companhia
    2:38

    Economia

    A reestruturação da TAP vai avançar antes dos novos donos entrarem na companhia. A atual administração vai manter-se até à venda e vai refazer o plano de ajustamento que vai implicar a suspensão de rotas que não são rentáveis. O consórcio que venceu a privatização queria ser indemnizado no caso de António Costa vencer as eleições e cancelar o negócio, mas o atual Governo não aceitou a exigência.

  • Albuquerque e Portas pedem coerência ao PS sobre venda da TAP
    1:37

    Economia

    A ministra das Finanças defende que a privatização da TAP assegura a sobrevivência e o crescimento da empresa. Maria Luís Albuquerque apela ao PS para que cumpra o compromisso que assumiu no memorando de entendimento do resgate financeiro. Paulo Portas também recomenda coerência aos socialistas.

  • Reestruturação da TAP vai ser ajustado mas pode implicar despedimentos
    0:50

    Economia

    Fernando Pinto vai ficar na TAP até que os novos donos entrem na companhia, o que pode acontecer só no princípio do próximo ano, já que, para o negócio se concretizar, falta ainda o "OK" da Autoridade da Concorrência e de Bruxelas. Até lá, a companhia vai arrumar a casa. Ao que a SIC apurou, o plano de reestrutração, que já estava previsto, vai ser reajustado mas vai mesmo entrar em vigor antes dos novos donos entrarem em ação. Esta reestrturação passa, por exemplo, pela suspesnão de rotas, o que pode levar a que a companhia fique com trabalhadores a mais, e que seja preciso prescindir de alguns, ainda que a hipótese não seja admitida, por agora, pelo secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Donald Trump já está no Vaticano 
    1:32