sicnot

Perfil

Economia

TAP suspende piloto que foi o alegado mentor da greve de maio

TAP suspende piloto que foi o alegado mentor da greve de maio

A TAP suspendeu Lino da Silva, o piloto visto como estratega do sindicato durante a greve de maio. Ao que a SIC apurou, a companhia está a investigar, pelo menos, quatro razões que podem levar ao despedimento por justa causa.

  • "Azul" é a maior cliente da empresa de manutenção que a TAP tem no Brasil
    5:06

    Economia

    A "Azul", companhia aérea brasileira criada e gerida por David Neeleman, é, também, a maior cliente da empresa de manutenção que a TAP tem no Brasil. Uma empresa que, na última década, foi responsável por um buraco na companhia portuguesa superior a 500 milhões de euros. Dinheiro perdido para a TAP, mas para os novos donos da Transportadora Nacional, Neeleman e o empresário português Humberto Pedrosa, as notícias não são assim tão más. É que a empresa da TAP no Brasil está agora muito perto do equilíbrio financeiro.

  • SPAC diz que greve na TAP foi decidida em assembleia-geral
    1:28

    Economia

    A TAP instaurou um inquérito ao piloto considerado como o estratega da greve de maio. Um inquérito que visa o despedimento com justa causa. Paulo Lino Rodrigues é piloto da companhia e presta ao mesmo tempo assessoria ao Sindicato dos pilotos de Aviação Civil. O SPAC, por seu lado, reage afirmando que a greve foi decidida em assembleia geral e não pelo comandante visado.

  • Atrás das Câmaras em Mirandela
    2:36

    Atrás das Câmaras

    A SIC está a percorrer o pais para ouvir as historias dos municípios e dos eleitores. Até às autárquicas, o programa opinião pública dá lugar ao Atrás das Câmaras, que hoje está em Mirandela, no distrito de Bragança, como conta a repórter Catarina Lázaro.

    Hoje na SIC e SIC Notícias

  • Ambiente e direitos humanos dominam discurso de Costa na ONU
    2:03
  • "Não é possível fazer tudo ao mesmo tempo"
    0:39

    Orçamento do Estado 2018

    O deputado e economista do PS Paulo Trigo Pereira defende que o desagravamento fiscal que o Governo quer pôr em marcha é "moderado". Em entrevista ao Público e à Renascença, o socialista diz que é preciso realismo e que é uma "alquimia" mexer ao mesmo tempo nas carreiras, pensões e rendimentos dos trabalhadores.

  • Como fazer negócios no mercado dos leilões
    7:15