sicnot

Perfil

Economia

Transferências iguais ou superiores a mil euros vão ser alvo de fiscalização apertada

Os bancos vão ser obrigados a fiscalizar, com exatidão, os dados de quem transfere ou recebe valores iguais ou superiores a mil euros. O objetivo é prevenir o branqueamento de capitais bem como o financiamento terrorista, segundo o Diário de Notícias. 

Estas medidas surgem quatro meses depois de ter sido descoberto um dos maiores escândalos financeiros das últimas décadas que envolve o HSBC

Estas medidas surgem quatro meses depois de ter sido descoberto um dos maiores escândalos financeiros das últimas décadas que envolve o HSBC

© Arnd Wiegmann / Reuters

As novas regras, definidas pela Comissão Europeia, entram em vigor dentro de 10 dias e são válidas para todos os estados membros, Portugal incluído.  


Este pacote de medidas surge quatro meses depois de ter sido descoberto um dos maiores escândalos financeiros das últimas décadas que envolve o HSBC. A filial suíça, em Genebra, terá ajudado os clientes a ocultar milhares de milhões de euros através de paraísos fiscais.