sicnot

Perfil

Economia

Consórcio Gateway garante que tem 600 milhões de euros para colocar na TAP

O consórcio Gateway, que ganhou a privatização da TAP, tem mais de 600 milhões de euros para colocar no capital da empresa. A informação foi adiantada esta terça-feira ao Expresso, por Humberto Pedrosa.

O sócio maioritário do consórcio, Humberto Pedrosa, nega que haja uma intenção prévia de vender aviões da TAP para arrecadar esse dinheiro.

O sócio maioritário do consórcio, Humberto Pedrosa, nega que haja uma intenção prévia de vender aviões da TAP para arrecadar esse dinheiro.

© Paulo Whitaker / Reuters

O sócio maioritário do consórcio nega que haja uma intenção prévia de vender aviões da TAP para arrecadar esse dinheiro.

Pedrosa garante que os 600 milhões de euros são dinheiro novo, usando mesmo a expressão "dinheiro fresco", que será colocado pelo próprio consórcio para a recapitalização da transportadora.

O sócio maioritário confirma ainda que está prevista a entrada de 53 aviões de nova geração, a partir de 2017.

Sobre as notícias que dão conta de um eventual interesse do banco estatal brasileiro BNDES em ficar com capital da TAP, Humberto Pedrosa diz que desconhece a situação e que isso nunca foi referido nas reuniões do consórcio.
  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalaram-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.