sicnot

Perfil

Economia

Portugal coloca 750 milhões em dívida a taxas mais altas

Portugal colocou hoje 200 e 550 milhões de euros em Bilhetes do Tesouro a três e a onze meses às taxas médias de juro de 0,044% e 0,159%, acima das mínimas praticadas nos leilões comparáveis anteriores, foi anunciado. 

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters (Arquivo)

Segundo a página do IGCP - Agência de Gestão da Tesouraria e do Crédito Público na Bloomberg, a procura de Bilhetes do Tesouro (BT) a três meses atingiu 1.020 milhões de euros, cinco vezes o montante colocado, enquanto a de BT a onze meses atingiu 1.720 milhões de euros, 3,13 vezes superior ao montante colocado.

O último leilão de BT a 11 meses realizou-se a 15 de abril, quando foram colocados 950 milhões de euros a uma taxa de juro média mínima de 0,015%. 

Em relação ao último leilão de BT a três meses, que ocorreu também a 15 de abril, neste foram colocados 300 milhões de euros a uma taxa de juro média mínima de 0,007%, segundo informação do IGCP.

Com Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.