sicnot

Perfil

Economia

Avanza vence subconcessão da Carris e Metro de Lisboa

O grupo Avanza venceu a subconcessão da Carris e Metro de Lisboa. 

(Arquivo)

(Arquivo)

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

A proposta representa para os cofres do Estado uma poupança superior a 25 milhões de euros por ano - ou seja, 215 milhões durante os oito anos da concessão.

A Avanza é grupo espanhol detido pelo gigante mexicano ADO.

Além da Avanza, apresentaram também uma proposta conjunta a transportadora parisiense RATP (Régie Autonome des Transports Parisiens) e a britânica National Express.

Na Carris estavam interessados ainda a Barraqueiro - que faz parte do consórcio que recentemente venceu o concurso para a privaeização da TAP - em conjunto a TCC (Transports Ciutat Comtal), que integra o consórcio que venceu o concurso público para a subconcessão da STCP, transportes públicos do Porto.

Para a gestão do Metro de Lisboa tinha-se candidatado ainda a francesa Transdev.



Com Lusa
  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.