sicnot

Perfil

Economia

Merkel defronta-se com uma "escolha difícil", diz Varoufakis

O ministro das Finanças grego, Yanis Varoufakis, diz que a chanceler alemã, Ângela Merkel, "está perante uma escolha decisiva" na Cimeira de Chefes de Estado e de Governo da zona euro, que decorre na segunda-feira.

© Alkis Konstantinidis / Reuter

Em declarações que serão publicadas no domingo pelo jornal alemão Frankfurter Allgemeine Zeitung, Varoufakis coloca pressão sobre Ângela Merkel, uma das líderes da zona euro que estará presente na Cimeira sobre a Grécia, dizendo que "deve tomar uma decisão clara".

Merkel pode "entrar num acordo digno com um governo que rejeitou o 'pacote de resgate' e está à procura de uma solução negociada, ou seguir os apelos do (ou daqueles) governo que querem lançar ao mar o único governo grego, que tem sido fiel aos seus princípios e que é capaz de levar o povo grego no caminho da reforma", diz Yanis Varoufakis. 

Em causa, segundo Varoufakis, está a possibilidade de negociar um acordo de resgate com Atenas ou atender aos "apelos populistas" para "abandonar um país devastado pela dívida", segundo o jornal alemão.

"Do nosso lado, iremos com determinação para Bruxelas, para alcançarmos novos compromissos, contanto que não sejamos convidados a fazer o que os governos anteriores fizeram: aceitar novas dívidas em condições que oferecem pouca esperança de a Grécia pagar suas dívidas", salientou.

Varoufakis não especificou, no entanto, quais os compromissos que a Grécia está disposta aceitar ou no que poderá vir a ceder.











Lusa
  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".