sicnot

Perfil

Economia

Manifestações em Bruxelas e Amesterdão em solidariedade com o povo grego

Cerca de 3.500 pessoas desfilaram hoje em Bruxelas e 350 em Amesterdão, em duas manifestações organizadas em solidariedade com o povo grego, confrontado com a austeridade, e na véspera de uma cimeira europeia crucial para a Grécia.

EPA

Em Amesterdão, na Holanda, o deputado europeu do Syriza e figura da resistência grega, Manolis Lezos, de 92 anos, falou aos manifestantes e pediu aos credores -- União Europeia e Fundo Monetário Internacional -- para darem um ano suplementar à Grécia.

"Esta crise foi causada pelo setor financeiro, não pelo povo grego. É o setor financeiro que deve pagar e não o povo grego", disse Manolis Lezos, citado pela agência de notícias francesa AFP.

Em Amesterdão, assim como em Bruxelas, capital da Bélgica, os manifestantes empunhavam bandeiras da Grécia, tendo cidadãos gregos se juntado às marchas, nas quais se ouviam palavras como: "Fim à chantagem da União Europeia".

Um dos responsáveis pela plataforma "Com os Gregos" disse a uma televisão belga que a "austeridade não está a funcionar e reduz os rendimentos dos pobres em nome do reembolso dos credores".











Lusa
  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.