sicnot

Perfil

Economia

Greve de sexta-feira no Metro de Lisboa sem serviços mínimos

O tribunal arbitral do Conselho Económico e Social (CES) anunciou esta segunda-feira não ter decretado serviços mínimos para a circulação de comboios do Metropolitano de Lisboa na greve de 24 horas agendada para a próxima sexta-feira.

A última greve decorreu na quinta-feira passada, tendo obrigado a fechar todas as estações do Metro entre as 23:20 de quarta-feira e as 06:30 de sexta. (Arquivo)

A última greve decorreu na quinta-feira passada, tendo obrigado a fechar todas as estações do Metro entre as 23:20 de quarta-feira e as 06:30 de sexta. (Arquivo)

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

Os trabalhadores do Metropolitano de Lisboa marcaram nova greve de 24 horas para dia 26 de junho -- a oitava deste ano -, contra a privatização e a reestruturação da empresa.

A última greve decorreu na quinta-feira passada, tendo obrigado a fechar todas as estações do Metro entre as 23:20 de quarta-feira e as 06:30 de sexta.

A decisão do tribunal arbitral, divulgada hoje na página daquele organismo na Internet, refere que "não são fixados quaisquer serviços mínimos relativamente à circulação de composições".

Em contrapartida, o acórdão obriga os trabalhadores a assegurarem os serviços necessários à segurança e manutenção do equipamento e das instalações.

O tribunal justifica a decisão com o facto de existirem em Lisboa meios de transporte alternativos ao Metropolitano e de não haver coincidência de outras greves nos transportes na mesma área geográfica.

O Governo atribuiu na sexta-feira a subconcessão do Metropolitano de Lisboa (assim como da rodoviária Carris) ao grupo espanhol de transportes urbanos Avanza, cujo contrato deverá ser assinado no dia 15 de julho.
Lusa
  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • "O FC Porto não merece ser campeão"
    2:23
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    O empate do FC Porto com o Feirense foi o principal assunto do Play-Off da SIC Notícias, este domingo. Rodolfo Reis mostrou-se insatisfeito com a atitude dos jogadores do FC Porto.

  • Incêndio em Alfragide deixa 12 pessoas desalojadas
    1:59

    País

    Um incêndio destruiu este domingo a cobertura de um prédio de habitação em Alfragide, no concelho da Amadora. Doze pessoas ficaram desalojadas, mas ninguém ficou ferido. Os bombeiros dominaram o fogo em cerca de uma hora, os moradores queixam-se da falta de eficácia no combate às chamas.

  • Uma volta a Portugal. De bicicleta mas sem licra

    País

    Um grupo de professores propõe-se a repetir o percurso da 1.ª Volta a Portugal em Bicicleta, 90 anos depois. Não se trata de uma corrida, pelo contrário querem provar que qualquer um o pode fazer e promover o uso da bicicleta como meio de transporte pessoal. “Dar a volta” parte para a estrada esta quarta-feira, de Lisboa a Setúbal, tal como em 26 de abril de 1927.

    Ricardo Rosa