sicnot

Perfil

Economia

Barreto Xavier defende plano estratégico de apoio às artes para evitar atrasos

Os programas de apoios às artes da Direção-Geral das Artes (DGArtes) devem ter "um plano estratégico plurianual" para que não haja atrasos na atribuição de verbas, defendeu hoje o secretário de Estado da Cultura.

Jorge Barreto Xavier, secretário de Estado da Cultura. (Lusa)

Jorge Barreto Xavier, secretário de Estado da Cultura. (Lusa)

Na última audição parlamentar desta legislatura, Jorge Barreto Xavier foi questionado sobretudo sobre os concursos de apoio às artes, o estatuto profissional dos bailarino e o plano estratégico para o eixo Belém-Ajuda, temas que originaram trocas de acusações entre partidos da coligação PSD-CDS/PP e os da oposição.

Sobre os apoios às artes, pela DGArtes, o secretário de Estado da Cultura lamentou os atrasos "verificados na concretização dos concursos".

"Não podemos ter estes atrasos sucessivos. É preciso um plano estratégico plurianual para que estas coisas não voltem a acontecer", disse Barreto Xavier, indo ao encontro de uma ideia já defendida na semana passada pela Associação de Profissionais das Artes Cénicas - Plateia.

A questão dos atrasos nos concursos foi chamada à audição parlamentar por causa dos apoios na modalidade bienal e anual, no valor de 3,9 milhões de euros, que foram lançados em dezembro de 2014. Os resultados finais foram enviados aos artistas a 29 de maio. E não houve fase de audiência de interessados para não adiar o processo de contratualização.

Jorge Barreto Xavier disse que "houve cortes não desejados no apoio às artes" e que a tutela "tentou compensar esses cortes".

"Em 2014 fomos ao Fundo de Fomento Cultural. Foi por isso que o concurso só abriu no final do ano", disse, referindo que foram transferidos 900.000 euros desse fundo para os concursos.

Questionado pelos deputados, Barreto Xavier sublinhou que "não há condições financeiras para um concurso extraordinário da DGArtes para 2015", para responder às estruturas culturais que foram excluídas dos concursos anteriores.

Na audição, o responsável pela cultura afirmou que foi retirado o projeto de lei sobre o estatuto profissional do bailarino, um dia depois dos bailarinos da Companhia Nacional de Baliado ter apresentado um pré-aviso de greve.

Barreto Xavier garantiu que a temporada 2015/2016 do Teatro Nacional de São Carlos será apresentada em julho, mas não confirmou a contratação do programador inglês Patrick Dickie para consultor artístico.

O secretário de Estado da Cultura anunciou ainda que a ampliação do Museu Nacional de Arte Contemporânea - Museu do Chiado, em Lisboa, fica concluída com a inauguração dos espaços alargados a 15 de julho.






Lusa
  • Quem deve ser o próximo treinador do FC Porto?

    Desporto

    Nuno Espírito Santo já não é treinador do FC Porto. O técnico e o clube chegaram a acordo mútuo para a rescisão do contrato, que o ligava por mais uma temporada aos dragões. Nuno Pinto da Costa tem agora que encontrar um novo treinador para orientar dos "dragões". Os nomes em cima da mesa são vários. Diga-nos quem deve ser o novo treinador do FC Porto.

  • Os treinadores do FC Porto desde o último título 

    Desporto

    Nunca o FC Porto esteve quatro anos consecutivos sem ganhar um título durante a presidência de Nuno Pinto da Costa. A ausência de vitórias teve início na época de 2013/14, quando começou uma autêntica dança de treinadores.

  • Julgamento do caso BPN deverá terminar quarta-feira
    4:38

    Economia

    O acórdão do processo principal do BPN vai ser tornado público esta quarta-feira, depois de quase sete anos de audições. O rosto principal é o de José Oliveira Costa mas há outros 14 arguidos sentados no banco dos réus.

  • "Michel Temer nunca teve vergonha, não tem cara de pessoa de bem"
    3:04

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou no habitual espaço de comentário do Jornal da Noite  da SIC, o escândalo com o Presidente do Brasil, Michael Temer. O comentador diz que já era previsível que Temer fosse apanhado com "o pé na poça" e afirma que o Presidente brasileiro nunca teve qualquer tipo de vergonha. Miguel Sousa Tavares fez ainda referência ao facto de Dilma Rousseff ser, entre todos os políticos brasileiros, a única que não tem processos contra ela.

    Miguel Sousa Tavares

  • Divulgado vídeo dos bambardeamentos contra o Daesh no Iraque
    0:42
  • Leão-marinho arrasta criança de doca em Vancouver
    0:51

    Mundo

    O momento em que um leão-marinho arrasta uma menina para a água foi gravado e publicado na internet. Sem nada que fizesse prever, o animal puxou a criança que estava sentada numa doca em Vancouver, no Canadá. A criança foi resgatada de imediato por um familiar e apesar do susto não sofreu ferimentos. O momento de aflição foi testemunhado por vários turistas.