sicnot

Perfil

Economia

Técnicos de ambulância de emergência em greve

Começou hoje e por tempo indeterminado a greve às horas extraordinárias dos técnicos de ambulância de emergência. Meia hora depois do início da paralisação o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) veio dizer que todo o dispositivo estava operacional em todo o país, mesmo com os reforços para a zona norte do país, para os santos populares. 

(SIC/ Arquivo)

Em causa estão mudanças na carreira destes profissionais que continuam por negociar com o governo. O sindicato acusou a tutela de "chantagem inaceitável" ao adiar, sem nova data, as negociações e admitiu estar a analisar novas "formas de endurecer a luta". 

A greve ao trabalho suplementar por tempo indeterminado foi aprovada em plenários dos técnicos de ambulância de emergência que exigem o pagamento de dinheiro em falta e a implementação de uma carreira específica.

  • Esquerda desce, direita sobe
    1:19
  • Ministério Público já tem fita do tempo do surto de legionella
    2:19