sicnot

Perfil

Economia

Atenas é que tem beneficiado de "flexibilidade muito maior", diz Passos

Atenas é que tem beneficiado de "flexibilidade muito maior", diz Passos

O primeiro-ministro português diz que não acredita que os credores internacionais possam ser mais flexíveis com a Grécia. Em resposta às declarações de Alexis Tsipras, que esta semana se queixou de que Portugal e Irlanda tiveram melhores condições que a Grécia, Passos Coelho diz que não é verdade e considera mesmo que foi ao contrário, que Portugal e a Irlanda não beneficiaram de tanta boa vontade por parte dos credores.

  • Juncker admite grande irritação com falta de acordo para a Grécia
    2:19

    Crise na Grécia

    Ainda não há acordo para a Grécia e a decisão final foi adiada para amanhã, mas a tensão é cada vez maior, com o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, a confessar mesmo grande irritação. A reunião deste sábado será a quarta na mesma semana e a quinta em dez dias, realiza-a a apenas três dias do final do prazo para o país receber ajuda financeira e pagar ao FMI.

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.