sicnot

Perfil

Economia

"Não" no referendo é um "Não" à União Europeia, diz Junker

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, disse hoje que uma vitória do "não" no referendo de domingo na Grécia é também um não à União Europeia (UE).

© Eric Vidal / Reuters

"Um 'não' significaria, independentemente da questão finamente colocada, que a Grécia diz não à Europa", disse Juncker, numa conferência de imprensa, em Bruxelas, apelando aos gregos para votarem "sim".

"Vou pedir ao povo grego que vote 'sim'", disse, acrescentando que o referendo é "o momento da verdade" para a Grécia. 

A crise na Grécia agudizou-se no sábado, na sequência da decisão de sexta-feira à noite das autoridades gregas de deixarem a mesa das negociações, tendo o fórum que reúne informalmente os ministros das Finanças da zona euro, o Eurogrupo, celebrado mesmo uma sessão de trabalho a 18, já sem a delegação grega na sala, para discutir as "consequências" da rutura das negociações com Atenas.

Na sexta-feira, após o Conselho Europeu, o primeiro-ministro, Alexis Tsipras, tinha anunciado ter decidido submeter as propostas dos credores internacionais a referendo popular, marcado para domingo, aconselhando o voto no "não".

Esta terça-feira termina o programa de resgate da 'troika', estando para já congelada a entrega de uma parcela de 7,2 mil milhões de euros, dada a ausência de acordo sobre novas medidas a tomar pela Grécia.

No mesmo dia, expira o prazo para a Grécia pagar quase 1.600 milhões de euros ao Fundo Monetário Internacional (FMI), ficando o país em incumprimento perante este credor se a verba não for disponibilizada.

A Grécia anunciou que os bancos e a bolsa ficarão encerrados até dia 06 de julho, dia seguinte ao referendo sobre o programa de resgate.

Os levantamentos nas caixas multibanco estão limitados a 60 euros diários.

  • Pecado da gula ameaça maior anfíbio do mundo

    Mundo

    O maior anfíbio do mundo está em sério risco de extinção. Iguaria muito apreciada no Oriente, a salamandra-gigante-da-China já praticamente desapareceu do seu habitat natural, concluiu uma pesquisa realizada durante quatro anos. Em contraste, milhões destes animais são reproduzidos em cativeiro e têm como destino restaurantes de luxo.

  • Reclusos limpam Ria Formosa
    3:01

    País

    Alguns reclusos do estabelecimento prisional de Olhão estão pela segunda vez a limpar a ilha da Armona, na Ria Formosa. São homens que beneficiam de regime aberto e, em fim de cumprimento de pena, têm com este trabalho uma amostra da liberdade que tanto aguardam.

  • Lembra-se dos olharapos da Expo'98? Estão de volta
    1:46