sicnot

Perfil

Economia

Pires de Lima informa PGR da existência de indíviduo que se faz passar por seu representante

O ministro da Economia informou hoje a Procuradora-Geral da República que foi advertido de que um indivíduo que se identifica como seu representante se terá aproximado do consórcio vencedor da privatização da TAP para obter vantagens económicas.

António Pires de Lima, ministro da Economia (LUSA/ ARQUIVO)

António Pires de Lima, ministro da Economia (LUSA/ ARQUIVO)

LUSA

Esta informação foi hoje divulgada em comunicado pelo gabinete de António Pires de Lima, que acrescenta que a mesma pessoa terá também contactado um responsável pelo processo de subconcessão do Metro e da Carris. 

"O gabinete do ministro da Economia informa que o ministro da Economia relatou formalmente, hoje, dia 30 de junho, à senhora Procudora Geral da República, ter sido advertido, por pessoas das suas relações que reputa como idóneas e fidedignas, que um indivíduo, identificando-se como representante" do governante, "e alegado atuar em seu nome, ter-se-á aproximado de pessoas responsáveis pelo consórcio vencedor da reprivatização da TAP, bem como de um responsável direto pelo processo de subconcessão do Metropolitano de Lisboa e da Carris, pretensamente com o objetivo de obter para si vantagens económicas". 

Esta é uma "situação lamentável a que o Ministério da Economia é obviamente alheio", garante o gabinete, adiantando que a informação foi comunicada à Procuradoria-Geral da República (PGR) "para que as autoridades possam adotar todos os procedimentos legais que em seu juízo se mostrem adequados", adianta o gabinete de Pires de Lima, em comunicado. 

"O ministério da Economia tudo fará para que as melhores práticas em matéria de transparência, lisura e rigor continuem a caracterizar os processos de privatização da TAP e das subconcessões dos serviços de transporte", concluiu.

 

 

 

 

Lusa

 

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16

    Economia

    A Nokia chegou a ser uma das maiores empresas do mundo devido ao fabrico de telemóveis. Caiu, mas acaba de fazer renascer um dos sucessos de vendas do início do milénio. O anúncio foi feito este domingo, em Barcelona.