sicnot

Perfil

Economia

Governo aprova recondução do governador do Banco de Portugal

O Conselho de Ministros aprovou hoje a nomeação de Carlos Costa para um segundo mandato de cinco anos como governador do Banco de Portugal.

O presidente do Banco de Portugal, Carlos Costa.

O presidente do Banco de Portugal, Carlos Costa.

LUSA

Em conferência de imprensa, no final do Conselho de Ministros, o ministro da Presidência referiu que esta nomeação foi feita na sequência da audição de Carlos Costa na Assembleia da República e do relatório sobre essa audição.

Carlos Costa foi nomeado governador do Banco de Portugal em 2010, pelo anterior Governo do PS, e está em funções desde 7 de junho desse ano.

Questionado se o conteúdo do relatório recebido do parlamento não é uma mera transcrição da audição de Carlos Costa, o ministro da Presidência, Luís Marques Guedes, respondeu que "é aquilo que a Assembleia da República faz, de acordo com a lei".

Segundo o ministro, "fica claro para todos que a maioria dos deputados, a maioria na Assembleia da República secundou a proposta que o Governo apresentou de designação do doutor Carlos Costa para um segundo mandato".

Interrogado se a recondução de Carlos Costa foi aprovada por unanimidade, Marques Guedes declarou que "todas as decisões do Conselho de Ministros são assumidas por todos os ministros". 

As decisões do Conselho de Ministros "não são do ministro A ou B, são sempre decisões do Governo no seu todo", acrescentou.

Nesta conferência de imprensa, Marques Guedes foi também questionado sobre a manifestação de pessoas que se consideram lesadas pelo Banco Espírito Santo (BES) em frente ao Conselho de Ministros.

O ministro da Presidência afirmou que desconhecia essa iniciativa e considerou que essa matéria é da responsabilidade "do supervisor financeiro e dos reguladores no seu conjunto" e não está relacionada a "qualquer decisão da parte do Governo".


Lusa

  • As confissões de Sérgio Conceição: do futuro no FC Porto à zanga com Rui Vitória 
    43:14
  • Marcelo descobre que vê mal "ao longe à esquerda"
    2:05

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa recebeu uma declaração dos médicos contra a despenalização da eutanásia. A audiência ao atual bastonário e cinco antecessores acontece a uma semana do tema ir a debate no Parlamento, e no dia em que o Presidente da República foi a estrela do Dia da Segurança Infantil. Marcelo aproveitou para fazer um rastreio à visão e concluiu que tem que estar "atento", à esquerda, ao longe".

  • PS "vai ficar em banho-maria durante anos" por causa de Sócrates
    0:59

    País

    Miguel Sousa Tavares considera que o PS vai ficar em "banho-maria" durante anos por causa de José Sócrates. Em entrevista na SIC Notícias, o comentador criticou os dirigentes socialistas pela forma como se tentaram demarcar do ex-primeiro-ministro e disse que António Costa devia ter tomado uma atitude mais concreta.

  • Sabia que pode emprestar dinheiro a empresas e ganhar 7% em juros por ano?
    8:05
  • É desta que provam a existência do monstro de Loch Ness?

    Mundo

    Para muitos, o monstro de Loch Ness não passa de uma lenda. A verdade é que a existência ou não desta criatura mística continua a suscitar debates entre aqueles que acreditam e os cépticos. Uma equipa internacional de investigadores quer responder finalmente à questão através da recolha de ADN ambiental do Loch Ness, na Escócia.

    SIC