sicnot

Perfil

Economia

Problemas técnicos forçam paragem da bolsa de Nova Iorque

A bolsa de Nova Iorque interrompeu esta quarta-feira as negociações devido a uma falha técnica ocorrida por volta das 11:32 (16:32 em Lisboa) e que está a ser analisada, segundo avança o canal de informação CNBC.

A bolsa de Nova Iorque é a principal plataforma negocial de Wall Street. (Arquivo)

A bolsa de Nova Iorque é a principal plataforma negocial de Wall Street. (Arquivo)

© Carlo Allegri / Reuters

Na sua página eletrónica, o Wall Street anunciou a suspensão das operações às 11:51 (16:51 em Lisboa), acrescentando que "informação adicional será disponibilizada assim que possível".

Minutos mais tarde, disse que as operações eletrónicas nos mercados ARCA e AMEX não foram afetadas.

De acordo com um porta-voz do Ministério da Segurança Interna (DHS, na sigla em inglês), dos EUA, "não há atualmente nenhuma evidência de atividade criminosa". 

"Vamos continuar a investigar", acrescentou.

Há mesma hora, o índice Dow Jones Industrial Average caiu 1,19% (211,98 pontos) e o S&P 600 cerca de 1,33%. 

Desde o início da sessão, o Wall Street sofreu problemas técnicos, que foram solucionados às 10:32 (17:32 em Lisboa). No entanto, minutos depois as operações tiveram mesmo que ser interrompidas. 

Segundo indicou a CBNC, não existem provas de que se trata de um ataque cibernético, ainda que a interrupção nos mercados em Wall Street tenha coincidido com um bloqueio da página eletrónica do jornal Wall Street.

Lusa

  • Lixo, para que te quero?
    23:17
  • Tuk-tuk em protesto oferecem hoje passeios gratuitos em Lisboa

    País

    A Associação Portuguesa de Empresas de Congressos, Animação Turística e Eventos (APECATE) promove hoje a iniciativa "Cá vai Lisboa", com passeios gratuitos de tuk-tuk, para alertar a população para a "problemática" regulamentação municipal deste tipo de veículos.

  • Ricardo Robles apresentado como candidato do BE a Lisboa
    1:31

    Autárquicas 2017

    Ricardo Robles foi formalmente apresentado este sábado como candidato do Bloco de Esquerda à Câmara Municipal de Lisboa. No encerramento da convenção autárquica do partido, Catarina Martins fez críticas ao Governo, dizendo que o projeto de descentralização do Executivo é perigoso e ameaça a democracia.

  • Pavilhão Carlos Lopes esteve encerrado durante 14 anos
    2:27