sicnot

Perfil

Economia

Bolsa de Xangai em alta pelo segundo dia consecutivo

Depois de várias sessões em queda, a bolsa de Xangai fechou hoje em alta pelo segundo dia consecutivo. A principal praça chinesa recuperou 4,5% graças às medidas de incentivo ao investimento adoptadas pelo governo de Pequim e ao anúncio das propostas do governo grego para reformar a economia do país. 

© Aly Song / Reuters

Em cerca de um mês, o principal índice da bolsa de Xangai desvalorizou 38,5%, o que resultou em perdas de cerca de 3 biliões de euros, um valor superior ao Produto Interno Bruto do Reino Unido.

  • Bolsa da China caiu mais de 30% em menos de um mês
    2:36

    Economia

    Os investidores de todo o Mundo estão de olhos postos não só na Grécia, mas também na China. Em menos de um mês, a bolsa de Xangai caiu mais de 30% e perdeu mais de 2,7 biliões de euros. O Governo chinês já interveio, mas os analistas duvidam da eficácia das medidas e alertam para o perigo de contágio a outros mercados.

  • BE acusa direita de bloquear atual comissão à CGD
    1:37

    Caso CGD

    O Bloco de Esquerda acusa a oposição de estar a fazer tudo para impedir as conclusões da comissão de inquérito sobre a Caixa Geral de Depósitos que está em curso. Numa altura em que PSD e CDS já entregaram o requerimento para avançar com uma segunda comissão, Catarina Martins defende que ainda há muita coisa por apurar sobre o processo de recapitalização do banco público.

  • Visita de Costa a Angola pode estar em risco
    2:26

    País

    A visita de António Costa a Luanda poderá estar em risco devido à acusação da justiça portuguesa contra o vice-Presidente de Angola. O jornal Expresso avança que o comunicado com a reação dura do Governo angolano é apenas o primeiro passo e que pode até estar a ser preparado um conjunto de medidas contra Portugal. Para já, o primeiro-ministro português desvaloriza a ameaça e mantém a visita marcada para a primavera.