sicnot

Perfil

Economia

Parlamento grego dá luz verde às reformas de Tsipras

Apesar da maioria ter aprovado o documento, a votação ficou marcada pelo voto contra de 32 deputados e ainda por 8 abstenções, incluindo a do presidente do Parlamento e do ministro da Energia. Estiveram ainda ausentes da votação 7 elementos da coligação no poder.

Thanassis Stavrakis

Alexis Tsipras contou com a oposição para obter a maioria necessária e mais que suficiente para garantir a aprovação da proposta que abre caminho ao terceiro resgate.

O governo grego espera agora a aprovação dos ministros das finanças da zona euro que hoje analisam a proposta. 

A Comissão Europeia, o Banco Central europeu e o FMI já fizeram saber que as propostas apresentadas pla grécia são uma boa base de negociação. 

O plano de reformas de Atenas que hoje vai ser discutido no eurogrupo.
 

  • Presidente do Eurogrupo diz que é cedo para saber se proposta grega é viável
    0:37

    Crise na Grécia

    Todos os sinais apontam para que seja possivel um acordo, este fim de semana, entre a Grécia e os credores, um entendimento que poderá ser alcançado já amanhã na reunião do Eurogrupo. No entanto, e para já, o que é certo é que os técnicos da troika estão a analisar as propostas do governo grego. O presidente do Eurogrupo que hoje esteve reunido por videoconferência com Mário Draghi do BCE, Jean Claude Juncker, da Comissão Europeia, e Christine Lagarde, do FMI, diz que só depois dessa análise técnica é que se pronunciará.

  • Frio no fim de semana, regiões do interior podem chegar aos -5 °C
    1:23

    País

    A Proteção Civil emitiu um alerta para o tempo frio e seco e pede cuidados redobrados. As temperaturas já começaram a descer, com regiões a registarem valores negativos. No interior, podem chegar aos 5 graus negativos. Até ao Natal o tempo vai manter-se frio, seco e com ausência de chuva.

  • Bombeiro ferido nos fogos de Pedrógão Grande regressou a casa
    2:33

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Seis meses depois dos incêndios de Pedrógão Grande, regressou a casa o último dos bombeiros de Castanheira de Pera que estava internado desde junho. Rui Rosinha esteve em coma mais de dois meses e tem ainda pela frente uma longa recuperação. O bombeiro não quer que o país esqueça o que aconteceu e espera que as duas tragédias deste ano (fogos de junho e outubro) sirvam de lição para o futuro.

  • Pedrógão Grande, seis meses depois - documentário Expresso
    0:29
  • Fitch retira Portugal do "lixo"
    2:20
  • PS volta a subir nas intenções de voto e não baixa dos 40%
    2:01
  • Marcelo evita "ideia de que o ano foi todo muito bom"
    3:14

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa disse esta sexta-feira que 2017 teve "o melhor e o pior" e que "é preciso evitar a "ideia que o ano foi todo muito bom". O Presidente da República fez estas declarações depois de António Costa ter dito que a nível económico este "foi um ano particularmente saboroso".