sicnot

Perfil

Economia

15 horas de cimeira e ainda não há acordo com a Grécia

Os líderes da zona euro prosseguem, em Bruxelas, uma "maratona" negocial em busca de um acordo sobre um terceiro "resgate" à Grécia, mas, ao cabo de mais de 15 horas de reunião, ainda não atingiram um compromisso.

© Francois Lenoir / Reuters

A cimeira extraordinária da zona euro sobre a Grécia, apontada como decisiva para o futuro da Grécia na zona euro, teve início às 16:00 locais de domingo (15:00 de Lisboa), foi interrompida por diversas vezes para consultas e reuniões à margem, apontando fontes diplomáticas que ainda existem algumas diferenças entre as autoridades gregas e os seus credores.

De acordo com várias fontes, o governo grego liderado por Alexis Tsipras já concordou com a maioria das medidas reclamadas pelos credores, que terá que aprovar a nível legislativo até à próxima quarta-feira, mas subsistem divergências sobretudo devido a dois pontos, designadamente o fundo de privatizações reclamado a Atenas, assim como a participação do Fundo Monetário Internacional no novo programa de assistência. 

A falta de um acordo ameaça ditar uma saída da Grécia da zona euro, o chamado "Grexit".

Portugal está representado no encontro pelo primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, que no final dos trabalhos dará uma conferência de imprensa.

Lusa

  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, ainda durante o mês de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano, vão ser contratados novos assistentes de bordo. Ainda assim, o sindicato diz que não chega.

  • "Facilitámos muito no lance do 5-1 e não pode ser"
    1:09

    Desporto

    No final do jogo, o treinador do Desportivo de Chaves, Luís Castro, admitiu o domínio completo do Sporting durante todo o encontro. Já Jorge Jesus deixou elogios a Daniel Podence, que foi aposta para este jogo. O treinador do Sporting ficou satisfeito com a exibição mas não gostou de sofrer o golo de honra da equipa flaviense.