sicnot

Perfil

Economia

TAP pede autorização para iniciar ligações aéreas para a Índia

A TAP solicitou à Autoridade Nacional de Aviação Civil (ANAC) uma autorização para efetuar voos regulares para Nova Deli e Bombaim, na Índia, de acordo com uma informação publicada esta quarta-feira em Diário da República.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Paulo Whitaker / Reuters

"A TAP requereu uma autorização para exploração de serviços aéreos regulares extra-União Europeia nas rotas Lisboa-ponto intermédio - Nova Deli - ponto intermédio - Lisboa e Lisboa ponto intermédio -Bombaim - ponto intermédio --Lisboa", refere o Diário da República.

De acordo com a informação disponibilizada pela ANAC, "dado que se trata de duas rotas com direitos de tráfego limitados" as companhias interessadas em realizar estas rotas têm dez dias úteis a contar da data da publicação deste aviso, portanto, até dia 25 de julho, para "pronunciar-se sobre a mesma ou apresentar requerimento nos termos do artigo 5.º do referido decreto--lei".

Lusa

  • TAP com mais passageiros no 1º semestre

    Economia

    A TAP transportou mais de 5 milhões de passageiros nos primeiros seis meses do ano, um valor superior ao registado em igual período do ano passado. O crescimento do volume de passageiros foi de 0,1 por cento, de acordo com dados do Diário Económico. Apesar de pouco, o aumento acaba por ser significativo tendo em conta a greve de 10 dias dos pilotos da TAP que afetou o normal funcionamento da transportadora aérea portuguesa.  

  • Pires de Lima reconhece que valor de venda da TAP é "modesto" mas "positivo"
    2:14

    Economia

    O ministro da Economia acredita que os reguladores não vão levantar entraves à venda da TAP ao consórcio Gateway. Numa audição no Parlamento, Pires de Lima disse estar tranquilo e defendeu mesmo que é injusto que se coloque em causa o papel de Humberto Pedrosa na estrutura do consórcio vencedor. O ministro admitiu também que a TAP foi vendida por um valor modesto. Ainda assim, defendeu que o negócio é positivo, face ao valor da dívida da companhia e aos capitais próprios que eram negativos.

  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.