sicnot

Perfil

Economia

Portugal foi o país da UE onde as vendas de carros mais subiram

Portugal foi o país da União Europeia onde as vendas de automóveis mais cresceram no primeiro semestre de 2015, disparando 32,8%, muito acima da média europeia de 8,2%, revelou a Associação Europeia de Fabricantes de Automóveis (ACEA).

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

Entre janeiro e junho venderam-se na União Europeia mais de sete milhões de carros, dos quais mais de 100 mil em Portugal.

A Irlanda foi o segundo país em que as vendas mais cresceram (25,4%), seguindo-se Espanha, onde foram adquiridos cerca de 555 mil veículos (22%).

A recuperação foi também visível no principais mercados com Itália (15,2%), Reino Unido (7%), França (6,1%) e Alemanha (5,2%) a melhorarem as vendas em comparação com o mesmo período do ano anterior.

Apenas o Luxemburgo, a Áustria e a Estónia registaram variações negativas (-5,4%, -3% e -1,8%, respetivamente).

A tendência positiva ascendente que começou há 22 meses acentuou-se em junho, com o conjunto da UE a registar o maior aumento mensal desde dezembro de 2009 (14,6%).

Portugal repetiu a posição cimeira, subindo 33,9% em termos homólogos, num total de 21.067 unidades vendidas.

Seguiram-se, com aumentos expressivos, a Lituânia (30.1%), a Roménia (24,2%), a Bulgária (23,8%).

Todos os principais mercados contribuíram para o crescimento global, incluindo Espanha (23,5%), França (15,0%), Itália (14,4%), Alemanha (12,9%) e Reino Unido (12,9%) que registaram taxas de crescimento de dois dígitos.

Só a Irlanda e a Finlândia registaram uma evolução contrária, com quedas homólogas de 14% e 2,5%, respetivamente.

As vendas de ligeiros de passageiros no mês de junho ascenderam a um total de 1.364.009 veículos.

Lusa

  • Casa Branca isolada devido a pacote suspeito

    Mundo

    A Casa Branca foi esta terça-feira isolada devido à presença de um pacote suspeito junto a uma das vedações que limitam o edifício governamental norte-americano. A situação já foi normalizada e o objeto retirado do local.

    Em atualização

  • Inspetores do SEF cansados das promessas do Governo
    1:00

    País

    O sindicato do SEF garante que a segurança contra o terrorismo vai ser assegurada na greve de quinta-feira e sexta-feira nos aeroportos. Acácio Pereira, do sindicato, diz que os inspetores são quase escravos e que estão fartos das promessas do Governo. A greve deverá afetar cerca de 30 mil pessoas. 

  • Graça Fonseca, a primeira governante a assumir-se homossexual
    1:02

    País

    A secretária de Estado da Modernização Administrativa deu uma entrevista ao Diário de Notícias onde assume a sua homossexualidade. É a primeira vez que um governante português o faz. Graça Fonseca assume esta posição pública como uma "afirmação política".