sicnot

Perfil

Economia

Trabalhadores da CP Carga em greve contra privatização

Os trabalhadores da CP Carga estão hoje em greve contra a privatização da empresa, no mesmo dia em que os ferroviários se manifestam junto à sede da CP, em Lisboa.

(Lusa/Arquivo)

(Lusa/Arquivo)

MIGUEL A. LOPES

"Este vai ser mais um dia de protesto e denúncia relativamente às consequências das privatizações no setor ferroviário", disse à Lusa o coordenador da Federação dos Sindicatos dos Transportes (Fectrans), José Manuel Oliveira.

O secretário-geral da CGTP-IN, Arménio Carlos, participa na concentração de trabalhadores e reformados ferroviários.

Esta concentração e a greve na CP Carga realiza-se na sequência de um conjunto de lutas que a FECTRANS tem promovido "contra a privatização da EMEF e da CP Carga, pela defesa das empresas públicas" e pelo regresso "de todo o sector ferroviário a uma empresa pública que faça a gestão de todos os sectores de actividade do sistema ferroviário".

Na semana passada os trabalhadores da Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário (EMEF) do Entroncamento fizeram uma greve de duas horas em protesto contra a privatização da empresa e nas últimas semanas os ferroviários fizeram várias vigílias junto a várias estações ferroviárias com o mesmo objetivo.

O Governo aprovou a passagem à fase de negociações da proposta do grupo francês Alstom no processo de privatização da EMEF - Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário, deixando pelo caminho a proposta da alemã Bavaria.

O grupo francês Alstom, criador do TGV, é um dos principais construtores de comboios do mundo.

Lusa

  • Pecado da gula ameaça maior anfíbio do mundo

    Mundo

    O maior anfíbio do mundo está em sério risco de extinção. Iguaria muito apreciada no Oriente, a salamandra-gigante-da-China já praticamente desapareceu do seu habitat natural, concluiu uma pesquisa realizada durante quatro anos. Em contraste, milhões destes animais são reproduzidos em cativeiro e têm como destino restaurantes de luxo.

  • Reclusos limpam Ria Formosa
    3:01

    País

    Alguns reclusos do estabelecimento prisional de Olhão estão pela segunda vez a limpar a ilha da Armona, na Ria Formosa. São homens que beneficiam de regime aberto e, em fim de cumprimento de pena, têm com este trabalho uma amostra da liberdade que tanto aguardam.

  • Lembra-se dos olharapos da Expo'98? Estão de volta
    1:46