sicnot

Perfil

Economia

CGTP acusa Governo de aplicar políticas que agravam as desigualdades

O secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, acusou hoje o Governo de praticar políticas que agravam as desigualdades levando o país e a população ao empobrecimento, ao mesmo tempo que defende o combate às desigualdades.

REUTERS

"O primeiro-ministro disse que era preciso combater as desigualdades, mas este Governo tem agravado as desigualdades e não se vislumbra que vá aplicar políticas no sentido contrário", disse arménio Carlos à agência Lusa.

O sindicalista alertou para a quebra de rendimentos dos últimos quatro anos, conseguida à custa do bloqueio da contratação coletiva e da estagnação salarial, da alteração da legislação de trabalho, do aumento dos impostos e da redução salarial no setor público.

"Tudo isto contribui para o agravamento das desigualdades e aumenta o empobrecimento da população e do país", disse.

A CGTP divulga hoje em conferência de imprensa uma análise relativa às desigualdades e ao empobrecimento dos portugueses.

"Vamos mostrar que um número significativo de crianças é pobre, assim como os trabalhadores com salários muito baixos, que são empurrados para a pobreza e exclusão", afirmou o líder da Intersindical.

A CGTP vai apresentar um conjunto de propostas para inverter a situação, defendendo, nomeadamente, a criação de emprego de qualidade, a melhoria dos salários e a aposta nas funções sociais do Estado.

Lusa

  • Hoje joga Portugal (mas antes há um Uruguai-Rússia em direto na SIC)

    Mundial 2018 / O Mundial

    Começa a última jornada da fase de grupos do Mundial, com quatro jogos por dia. Às 15:00, numa partida transmitida em direto na SIC, a anfitriã Rússia e o Uruguai resolvem qual poderá ser o adversário de Portugal nos oitavos de final. Isto, dependendo claro da prestação da seleção nacional frente ao Irão, ao fim da tarde, uma vez que a qualificação não está garantida (e pode até depender do resultado do Espanha-Marrocos).

  • "Isto é a demagogia à solta"
    0:45

    Opinião

    Quem o diz é Luís Marques Mendes a propósito da aprovação esta semana da lei do CDS-PP que elimina o adicional do imposto sobre os combustíveis. O comentador da SIC critica a oposição por ter levado a votação uma lei inconstitucional e acusa ainda os parceiros de Governo de deslealdade. 

    Luís Marques Mendes

  • Comandante da Proteção Civil confiante nos meios de combate aos incêndios
    1:56

    País

    Depois das falhas apontadas ao sistema de comunicações SIRESP durante os incêndios do ano passado, o cComandante operacional da Proteção Civil diz que não há meios de comunicação infalíveis. Duarte Costa acredita que este verão será mais calmo do que anterior e contabiliza já mais de 2000 incêndios desde maio que não foram notícia.

  • Líderes europeus assinalam progressos para alcançar acordo sobre migrações
    2:02