sicnot

Perfil

Economia

Empresa chinesa vai leiloar online 1.500 vivendas e apartamentos no Algarve

Cerca de 1.500 vivendas e apartamentos do Algarve deverão começar a ser leiloados a partir da próxima quarta-feira no Taobao, o maior portal de comércio eletrónico da China, anunciou hoje um jornal oficial chinês.

© Stringer . / Reuters

No conjunto, as vivendas e apartamentos estão avaliados em 1.600 milhões de yuan (cerca de 242,5 milhões de euros) e as áreas variam entre 231 e 363 metros quadrados, precisa o China Daily.

Segundo o jornal, a licitação será conduzida pelo Paimai, o site do Taibao especializado em leilões, e visa "satisfazer a crescente procura de imobiliário estrangeiro por parte dos chineses ricos".

O leilão é apresentado como "o último desenvolvimento no processo de globalização" do Paimai, empresa que desde dezembro passado já leiloou propriedades de mais de dez países, incluindo "castelos em Franca e em Itália".

"Em 2012, o valor total das transações feitas na China em leilões online era inferior a 200 milhões de yuan (30 milhões de euros). Este ano esperamos ultrapassar 100.000 milhões de yuan (15.000 milhões de euros), disse o diretor-geral do site, Lu Weixing, citado pelo China Daily.

No caso de Portugal, a aquisição de uma casa no valor de pelo menos 500.000 euros concede autorização de residência a qualquer cidadão exterior à União Europeia e, consequentemente, a possibilidade de viajar no espaço Schengen, constituído por 30 países europeus.

São os chamados "vistos gold", lançados pelo Governo português em outubro de 2012 para tentar atrair capitais estrangeiros e dinamizar o setor imobiliário.

Desde então e até junho passado, as autoridades já concederam 2.420 "vistos gold", 1.947 dos quais a investidores chineses, refere o China Daily, citando a Embaixada de Portugal na China

O Taobao, lançado há doze anos, é gerido pelo Grupo Alibaba, um dos maiores consórcios privados chineses, já cotado na Bolsa de Nova Iorque.

Lusa

  • Passos Coelho pede desculpa aos portugueses
    3:35
  • População afetada pelo fogo tenta repor o que as chamas destruíram
    1:54
  • Pyongyang compara Trump a Hitler

    Mundo

    A Coreia do Norte compara o Presidente norte-americano Donald Trump a Adolf Hitler. Pyongyang já acostumou o mundo à sua linguagem "colorida" quando critica os seus inimigos. Mas comparações com o responsável por mais de 60 milhões de mortes são muito raras.

  • Glifosato na lista de produtos cancerígenos na Califórnia

    Mundo

    O estado norte-americano da Califórnia, nos Estados unidos, pode vir a obrigar o fabricante do popular herbicida Roundup a comercializar o produto com um rótulo que informe os consumidores de que o produto é cancerígeno. O glifosato, princípio ativo do herbicida Roundup fabricado pela Monsanto, consta de uma lista que vai ser divulgada na Califórnia, a 7 de julho, de produtos químicos potencialmente cancerígenos.

  • Autarca garante que não houve "touros de fogo"

    País

    O presidente da Câmara de Benavente disse esta segunda-feira à Lusa que a atividade "touros de fogo" foi retirada do programa da Festa da Amizade depois de recebido um parecer desfavorável da Direção-Geral de Veterinária.