sicnot

Perfil

Economia

Empresa chinesa vai leiloar online 1.500 vivendas e apartamentos no Algarve

Cerca de 1.500 vivendas e apartamentos do Algarve deverão começar a ser leiloados a partir da próxima quarta-feira no Taobao, o maior portal de comércio eletrónico da China, anunciou hoje um jornal oficial chinês.

© Stringer . / Reuters

No conjunto, as vivendas e apartamentos estão avaliados em 1.600 milhões de yuan (cerca de 242,5 milhões de euros) e as áreas variam entre 231 e 363 metros quadrados, precisa o China Daily.

Segundo o jornal, a licitação será conduzida pelo Paimai, o site do Taibao especializado em leilões, e visa "satisfazer a crescente procura de imobiliário estrangeiro por parte dos chineses ricos".

O leilão é apresentado como "o último desenvolvimento no processo de globalização" do Paimai, empresa que desde dezembro passado já leiloou propriedades de mais de dez países, incluindo "castelos em Franca e em Itália".

"Em 2012, o valor total das transações feitas na China em leilões online era inferior a 200 milhões de yuan (30 milhões de euros). Este ano esperamos ultrapassar 100.000 milhões de yuan (15.000 milhões de euros), disse o diretor-geral do site, Lu Weixing, citado pelo China Daily.

No caso de Portugal, a aquisição de uma casa no valor de pelo menos 500.000 euros concede autorização de residência a qualquer cidadão exterior à União Europeia e, consequentemente, a possibilidade de viajar no espaço Schengen, constituído por 30 países europeus.

São os chamados "vistos gold", lançados pelo Governo português em outubro de 2012 para tentar atrair capitais estrangeiros e dinamizar o setor imobiliário.

Desde então e até junho passado, as autoridades já concederam 2.420 "vistos gold", 1.947 dos quais a investidores chineses, refere o China Daily, citando a Embaixada de Portugal na China

O Taobao, lançado há doze anos, é gerido pelo Grupo Alibaba, um dos maiores consórcios privados chineses, já cotado na Bolsa de Nova Iorque.

Lusa

  • Lei existe há quatro anos mas não tem regulamentação
    2:03
  • Denúncia de maus tratos a cães no canil municipal de Elvas
    2:24

    País

    O Grupo de Intervenção e Resgate Animal denunciou nas redes sociais alegados maus tratos a animais no canil municipal de Elvas. As imagens mostram uma cadela com uma corda ao pescoço. A autarquia abriu um inquérito para averiguar o caso, suspendendo também o trabalho dos voluntários no canil.

  • Há cada vez menos portugueses

    País

    A população em Portugal diminuiu no ano passado, pelo oitavo ano consecutivo, já que o número de mortes continua a ser superior ao de nascimentos, revelam dados hoje divulgados pelo INE.

  • Dois em cada três portugueses vivem vidas sedentárias

    País

    Com menos de hora e meia de exercício semanal, mais de dois terços dos portugueses vivem vidas sedentárias. E a maioria desvaloriza a importância da atividade física, segundo um inquérito divulgado esta quinta-feira pela Fundação Portuguesa de Cardiologia.

  • Ovibeja aposta este ano na internacionalização da agricultura
    2:07

    País

    A Ovibeja começou esta quinta-feira e este ano aposta na internacionalização dos produtos agrícolas do Alentejo. Centenas de expositores esgotam o certame, que é uma monstra da agricultura portuguesa. António Costa, na sexta-feira, e Marcelo Rebelo de Sousa, no sábado, são alguns dos políticos com a presença marcada em Beja.

  • Le Pen vai à pesca
    0:35

    Eleições França 2017

    Marine Le Pen, candida à presidência de França fez esta quinta-feira uma "pausa" na campanha eleitoral e aproveitou para ir à pesca. A candidata navegou num barco de pesca no Mediterrâneo.

  • Primeira dama chinesa defende avanços na igualdade

    Mundo

    A primeira dama chinesa, Peng Liyuan, defendeu os avanços da China em matéria de igualdade dos géneros. Uma rara entrevista, difundida numa altura em que feministas chinesas asseguram serem controladas pela polícia face às suas campanhas.