sicnot

Perfil

Economia

Défice das Administrações Públicas ultrapassou os 3,8 mil milhões de euros

O défice das Administrações Públicas ultrapassou os 3,8 mil milhões de euros, revelam os números da execução orçamental de junho. Ainda assim, e segundo o comunicado do Ministério das Finanças, trata-se de uma melhoria de 370 milhões face ao mesmo período do ano passado.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

Na administração central, a despesa cresceu 2,4% face a junho do ano passado, pressionada sobretudo pelos agravamento dos encargos com a dívida pública e dos gastos com as parcerias público privadas e com a área da Saúde. Também as despesas com pessoal subiram.

Ainda assim, a evolução da receita fiscal mais que compensou. Subiu 3,8%. Ao todo, o Estado arrecadou quase 17,8 mil milhões de euros em impostos, nos primeiros seis meses do ano.

O comunicado revela ainda que o saldo da Segurança Social quase duplicou, com excedente de mais de 900 milhões de euros em Junho.

  • Governo estima redução da sobretaxa de IRS de 3,5 para 2,8%
    1:16

    Economia

    O Governo anunciou esta sexta-feira que está a conseguir mais receitas fiscais do que o previsto e que, por isso, poderá devolver uma parte da sobretaxa de IRS cobrada ao longo deste ano. Neste momento, o Executivo estima uma redução de 3,5 para os 2,8%, ou seja, o crédito fiscal será na ordem dos 0,7% da sobretaxa. Isto porque, segundo o Ministério das Finanças, as receitas de IRS e de IVA cresceram 4,2% até junho, acima do que era esperado. O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais não excluiu a hipótese de a devolução poder ser ainda maior, isto se as receitas fiscais continuarem acima do esperado. Paulo Núncio revela que, a partir de hoje, estará disponível no Portal das Finanças um simulador, que vai permitir a cada contribuinte acompanhar a evolução das receitas de IVA e IRS e perceber quanto pode receber de volta em crédito fiscal.

  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02