sicnot

Perfil

Economia

Novidades no Carro do Ano em Portugal

A edição de 2016 do Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal trás muitas novidades. Desde logo no juri, composto por 19 jornalistas especializados de alguns dos principais meios de comunicação social em Portugal. Na escolha do melhor carro para os portugueses, vão contar com novo boletim de voto e novo regulamento. O público também vai ser chamado a participar.

São 19 jornalistas que em quatro meses vão para a estrada analisar todos os detalhes dos automóveis candidatos a carro do ano em Portugal. Design, preço, consumos, eficiência, comportamento, segurança, prestações e funcionalidade são alguns dos pontos em análise no boletim de voto que terão de preencher. Um boletim que, nesta edição, foi profundamente revisto, para espelhar as mudanças tecnológicas dos próprios automóveis.

A 32a edição da iniciativa organizada pelo Expresso e pela SIC Notícias foi apresentada ao público, em Lisboa. O presidente da Comissão Executiva do Carro do Ano, Rui Freire, sublinha que as alterações no modelo de votação "Visam afinar a qualidade da votação e gerar maior envolvimento e reconhecimento público, traduzindo assim a importância de um prémio que visa fornecer aos consumidores portugueses uma melhor informação sobre os automóveis à venda no nosso país."

O Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal pretende escolher o produto automóvel que melhor se adequa à realidade sócio-económica do país e obedece a uma filosofia que procura encontrar o veículo mais homogéneo e inovador, capaz de oferecer ao consumidor vantagens na utilização quotidiana. "Para isso é necessário descortinar as qualidades intrínsecas de cada produto quando comparado com os seus concorrentes", sublinhou Rui Freire.

Entre as novidades do figurino deste ano está também a participação do público: "Vamos reforçar os mecanismos de comunicação e divulgação desta iniciativa e promover a participação do público, quer nalguns testes e ações, quer com a criação de um Prémio do Público. Para dinamizar essa participação, contamos com as plataformas do Expresso, SIC Notícias e Visão, bem como dos outros meios que compõem o Júri. As redes sociais terão um papel fundamental nesta estratégia de visibilidade e envolvimento", concluiu o Presidente da Comissão Executiva do Carro do Ano.

Além do prémio principal, que passa a ser atribuído a uma versão específica e não a uma gama, conforme acontecia até aqui, o Júri irá ainda eleger os melhores produtos em cada segmento, atribuindo um total de nove Troféus do Automóvel, um por cada categoria.

O Júri do Essilor Carro do Ano/Troféu Volante de Cristal 2016 é composto por 16 membros permanentes e por três convidados, que na edição deste ano são: "Auto Sapo", "Razão Automóvel" e "Observador".

As inscrições para esta edição terminam no dia 1 de Outubro de 2015, e os testes dinâmicos aos modelos a concurso prolongam-se até ao dia 31 de Dezembro.

Em janeiro de 2016 são divulgados os sete finalistas e após um road-show para a votação final, os vencedores serão anunciados na primeira semana de Fevereiro.

TROFÉUS DO AUTOMÓVEL
. Citadino do Ano
. Familiar do Ano
. Carrinha do Ano
. Crossover do Ano
. Monovolume do Ano
. Descapotável do Ano
. Executivo do Ano
. Desportivo do Ano
. Ecológico do Ano

JÚRI
. A Bola
. Carros e Motores
. Correio da Manhã
. Diário de Notícias
. Expresso
. Jornal I
. Jornal de Negócios
. Jornal de Notícias
. O Jogo
. Público
. Radio Renascença/RFM
. Record
. Revista do ACP
. SIC/SIC Notícias
. TSF
. Visão

ORGÃOS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL CONVIDADOS
. Auto Sapo
. Observador
. Razão Automóvel

  • Portugal supera média da OCDE nos testes PISA em ciências e leitura

    País

    Pela primeira vez, Portugal conseguiu resultados "significativamente superiores" à média da OCDE nos testes PISA em ciências e leitura. É o Instituto de Avaliação Educativa que o garante, segundo os dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico hoje divulgados.

  • Quando se confunde o pedal do travão com o acelerador
    0:38

    Mundo

    Na China, chegam imagens de um acidente fora do normal. Um homem parou o carro e saiu para cumprimentar um amigo. Enquanto conversavam, a viatura começou a descair lentamente. O condutor correu de imediato para o carro. Com as mãos já no volante, tentou evitar o pior mas em vez de carregar no travão, carregou no acelerador.

  • Parkinson pode ter início nos intestinos

    Mundo

    Um novo estudo científico vem revelar que a doença de Parkinson pode não estar apenas no cérebro. A doença pode ter início nos intestinos e mais tarde migrar para o cérebro.