sicnot

Perfil

Economia

Mais de 1,4 M€ em multas por falta de bilhete no Metro e Carris

A Carris recebeu 1,3 milhões de euros em multas por falta de bilhete nos primeiros cinco meses deste ano e o Metro 119 mil euros no primeiro semestre de 2015, disse hoje a porta-voz das empresas.

(Arquivo)

(Arquivo)

De acordo com os resultados das ações de fiscalização da Carris fornecidos à agência Lusa, 400 mil passageiros por mês utilizam os autocarros, elétricos, ascensores e elevadores da Carris sem título de transporte válido, enquanto o Metro faz uma estimativa de 750 mil validações.

Fonte do Metro explicou que o número de validações é diferente de número de passageiros, uma vez que um passageiro pode efetuar várias validações do mesmo título no espaço de uma hora.

Relativamente às perdas mensais associadas a estas situações, a Carris contabiliza 560 mil euros e o Metro 500 mil, segundo os cálculos daquelas empresas.

Isa Lopes, porta-voz do Metro e da Carris, explicou que esta perda acaba por ser recuperada, pois, "atendendo a que o valor da coima é muito superior ao valor do título de viagem", a multa "cobre o prejuízo associado ao não pagamento do título".

Contudo, "o custo de todas as coimas aplicadas só cobrirá todo o custo da fraude se houver eficiência total na cobrança, o que nem sempre acontece", explicou a porta-voz. Desde 2014, a cobrança das coimas passou a ser feita pela Autoridade Tributária em caso de falta de pagamento voluntário.

Na Carris e no Metro, a falta de título de transporte válido é punida com uma coima num valor mínimo correspondente a 100 vezes o preço do bilhete mais barato e num máximo de 150 vezes o valor do título.

Nos primeiros cinco meses deste ano, e comparativamente a 2014, a Carris apresentou um decréscimo da taxa de fraude na ordem dos 0,7%, ao contrário do Metro, que teve um aumento de 1,6%.

Até ao final do mês de maio, a taxa de fraude na Carris foi de 4,6%, enquanto no período homólogo de 2014 se situou nos 5,3%.

As percentagens apresentadas correspondem a estimativas feitas pela Carris, mas estudos externos que "abrangem uma amostra maior" apontam para uma taxa real de fraude superior, na ordem dos 14%.

No Metro, esta infração no primeiro semestre de 2015 representa 7% do total dos passageiros, enquanto no mesmo período do ano anterior era de 5,4%, um aumento que, para a empresa, "espelhou o contexto económico social vivido".

No circuito do Metro de Lisboa, composto por quatro linhas, são as linhas azul e amarela que apresentam maior percentagem de pessoas a viajar sem bilhete.

Quanto ao horário em que se verifica maior incidência de fraude, a Carris aponta a madrugada, enquanto o Metro revela "maior incidência no período da hora de ponta da tarde, aos dias úteis, bem como à sexta-feira e ao sábado, no período noturno".

Ambos os transportes apresentam maior taxa de fraude durante o Inverno.

Nos últimos anos, para combater a fraude, as empresas têm investido em ações de fiscalização, embora através de métodos diferentes por se tratarem de sistemas distintos, onde as características de validação do bilhete não são iguais.

Enquanto a Carris é um sistema aberto, o Metro é um sistema fechado, "em que a entrada e saída dos passageiros é efetuada através de canais de acesso, cuja transposição obriga a dois momentos de validação do título de viagem".

A Carris, para além das suas ações de fiscalização diárias, realiza dez outras ações de fiscalização ao longo do mês em articulação com a PSP.

Na rede do Metropolitano existe um efetivo de fiscalização com um total de 16 elementos, que desenvolvem "ações de fiscalização nas estações e nas carruagens em dois momentos diários, cobrindo todo o período de exploração ao público", indicou a porta-voz.

A fraude nos transportes públicos é um fenómeno "transversal e que abrange todas as idades, géneros e meios sociais", concluiu Isa Lopes.

A agência Lusa pediu à CP os mesmo dados, mas não obteve resposta.

Lusa

  • Ex-observador de árbitros terá informado Benfica sobre notificação a Rui Vitória
    1:57

    Desporto

    Novas revelações no caso dos e-mails, que envolve o Benfica, surgiram esta terça-feira. No Porto Canal, o diretor de comunicação do FC Porto revelou um e-mail onde um funcionário judicial e ex-observador de árbitros da Primeira Liga informa o Benfica sobre uma notificação ao treinador Rui Vitória. O e-mail foi alegadamente enviado para Paulo Gonçalves, assessor da SAD encarnada.

  • Acidente durante funeral em Miranda do Corvo causa 12 feridos
    2:39

    País

    Um acidente na zona de Miranda do Corvo fez esta terça-feira 12 feridos, um em estado grave. Foi durante um funeral, quando falharam os travões a um dos carros que seguia no cortejo, como explicou, em direto do local, o repórter Miguel Ângelo Marques.

  • Instalações militares vão ter reforço de segurança
    0:52

    Assalto em Tancos

    Depois do caso do roubo de material em Tancos, várias instalações militares vão sofrer um reforço de segurança do material que armazenam. As conclusões sobre o furto dos paióis de Tancos serviram de base às medidas anunciadas esta terça-feira pelo Ministério da Defesa. 

  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Os elevadores do futuro
    7:13
  • Demências afetam 50 milhões de pessoas
    2:23

    Mundo

    Cinquenta milhões de pessoas em todo o mundo e mais de 150 mil em Portugal sofrem de demências como o Alzheimer ou o Parkinson. Oitenta especialistas de 21 países reúnem-se esta semana na Fundação Champalimau, em Lisboa, para falar deste tipo de epidemia silenciosa.

  • Maria deixa 25 mil pessoas sem eletricidade em Guadalupe
    2:24
  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC