sicnot

Perfil

Economia

Cazaquistão passa a integrar a Organização Mundial do Comércio

O Cazaquistão tornou-se esta segunda-feira o 162º membro da Organização Mundial do Comércio (OMC) após cerca de 20 anos de negociações, divulgou a instituição.

O Cazaquistão, uma antiga república soviética na Ásia Central, solicitou a adesão em janeiro de 1996. (Arquivo)

O Cazaquistão, uma antiga república soviética na Ásia Central, solicitou a adesão em janeiro de 1996. (Arquivo)

© Shamil Zhumatov / Reuters

A adesão do país à organização foi aprovada numa reunião do Conselho Geral, órgão executivo da OMC, após o que se seguiu uma cerimónia em que o diretor-geral da OMC, o brasileiro Roberto Azevêdo, e o Presidente do Cazaquistão, Nursultan Nazarbaiev, classificaram o dia como "histórico"

"Hoje é um dia realmente histórico", disse Nazarbaiev na sua intervenção perante o plenário do Conselho Geral.

Na mesma linha, Roberto Azevêdo disse que a data é "histórica" para o Cazaquistão e para a organização porque, destacou, "a meta da OMC em se tornar global fica mais próxima".

O Cazaquistão, uma antiga república soviética na Ásia Central, solicitou a adesão em janeiro de 1996, tendo negociado durante anos a adequação das taxas de importação e exportação e outros impedimentos comerciais aos acordos da OMC.

Criada em 1995 com o objetivo de supervisionar e liberalizar o comércio internacional, a OMC surgiu oficialmente a partir do Acordo de Marraquexe, que substituiu o Acordo Geral de Tarifas e Comércio (GATT), que começou em 1948.

Lusa

  • Traço contínuo às curvas
    2:42
  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • Cristas calcula défice de 3,7% sem "cortes cegos" das cativações
    0:45

    Economia

    Assunção Cristas diz que o défice de 2,1% só foi conseguido porque o Governo fez cortes cegos na despesa pública. Esta manhã, depois de visitar uma unidade de cuidados continuados em Sintra, a presidente do CDS-PP afirmou que, pelas contas do partido, sem cativações, o défice estaria nos 3,7%.

  • Reservas de viagens na Páscoa e no verão aumentaram
    1:19

    Economia

    As reservas de viagens no período da Páscoa e do verão aumentaram este ano, tanto para o estrangeiro como para dentro de Portugal. O Algarve, a Madeira e os Açores continuam a ser os destinos de eleição. Os portugueses estão também a marcar férias com mais antecedência, uma das receitas para conseguir melhores preços.

  • Escada rolante inverte sentido e varre dezenas de pessoas
    1:15
  • Sol influencia alterações climáticas na Terra

    Mundo

    As flutuações da atividade solar têm um efeito sobre o clima da Terra, concluiu um estudo de investigadores suíços, que conseguiu, pela primeira vez, estimar a influência do Sol no aquecimento do planeta.