sicnot

Perfil

Economia

FMI defende que "bazuca" do BCE deverá ter de continuar depois de 2016

O Fundo Monetário Internacional (FMI) deixou esta segunda-feira um aviso aos países da Zona Euro e ao Banco Central Europeu. O FMI diz que tudo aponta para que o BCE tenha de usar a "bazuca", o famoso programa de injeção de liquidez, durante mais tempo do que estava previsto.

O Banco Central Europeu já havia dito que a "bazuca" era para usar até setembro de 2016, mas o FMI diz agora que esse instrumento poderá ter de continuar muito para lá dessa data.

O Banco Central Europeu já havia dito que a "bazuca" era para usar até setembro de 2016, mas o FMI diz agora que esse instrumento poderá ter de continuar muito para lá dessa data.

© Kai Pfaffenbach / Reuters

No relatório anual, o FMI considera que a economia da Zona Euro só tem crescido graças ao baixo preço do petróleo, ao euro mais fraco e à ação do BCE e que não vai conseguir sair a médio prazo de um crescimento fraco, à volta de 1%.

O Banco Central Europeu já havia dito que a "bazuca" era para usar até setembro de 2016, mas o FMI diz agora que esse instrumento poderá ter de continuar muito para lá dessa data.

  • Montenegro nunca será candidato contra Passos
    0:50
  • Dijsselbloem não comenta hipótese de ser substituído por Mário Centeno
    2:41

    Mundo

    Jeroen Dijsselbloem diz que cabe ao Governo português avançar com o nome de Mário Centeno para a presidência do Eurogrupo, mas não comenta a sondagem que foi feita ao ministro das Finanças português. Ouvido esta quinta-feira no Parlamento Europeu, o Presidente do Eurogrupo esteve no centro das críticas e reafirmou que não se demite.